sexta, 19 de abril de 2024
Negócios com PropósitoCOLUNA

Negócios com Propósito

Daniela Zuccolotto

Comunicadora social e publicitária, com extensão em Marketing e Pesquisa pela Universidade de Berkeley, Califórnia, e pós-graduação em Ciências Humanas pela PUC RS. Consultora de Branding & Business e de Gestão do Conhecimento. Founder e CEO da Middle-us – consultoria em Gestão da Longevidade e Diversidade Geracional para empresas.

Negócios que desafiam o status quo

Coragem que recompensa

14 dezembro 2023 - 13h14
Negócios que desafiam o status quo

Romper com as normas estabelecidas, questionar convenções e impulsionar mudanças dentro de suas respectivas indústrias ou na sociedade em geral é a definição para marcas que desafiam o status quo. Inovadoras e corajosas, estão constantemente instigando as expectativas do mercado e atraindo consumidores que buscam algo novo e alinhado com valores que vão além do produto ou serviço oferecido.

A visão, para além do que as outras fazem ou praticam, é recompensada em pelo menos três aspectos:

  • -  Crescimento: empresas inovadoras geralmente crescem mais rápido do que as tradicionais, porque elas desbravam novos mercados, com entregas mais atraentes para os consumidores.
  • -  Retorno sobre o investimento: O ROI costuma ser mais alto, porque ao adotar novas tecnologias e estratégias, acabam por ser mais eficientes e lucrativas.
  • -  Influência: a começar por seus setores, elas mudam a dinâmica praticada até então e a maneira como as pessoas consumiam aqueles produtos e serviços.

 

O relatório Marketing Trends 2024, da Kantar, recentemente publicado, fez um levantamento e destacou o que será tendência de marketing para o próximo ano, trazendo importantes insights para apoiar as empresas na elaboração de suas estratégias de crescimento.

Entre as dez tendências mapeadas, estão: o uso da Inteligência artificial no processo criativo e na mensuração preditiva de atenção e engajamento, a importância de se ter uma agenda de valores culturais, com ações de responsabilidade ambiental e social; a demanda por posicionamento claro por parte das empresas com relação a causas relevantes e um maior equilíbrio entre lucro, planeta e pessoas como estratégia de negócios.

Além destas, um destaque me chamou atenção e deu título a esse artigo: marcas que desafiam o status quo, ou seja, que procuram confrontar conceitos, ideias e necessidades, revolucionando os seus setores, muitas vezes, de forma disruptiva, está entre as “trends” para o próximo ano.

Quando pensamos em empresas sinônimos de disrupção, três são sempre lembradas:

  • - 1. Uber: revolucionou o conceito de transporte com um serviço de táxi sob demanda, que conecta motoristas e clientes através de um aplicativo por localização.
  • - 2. Airbnb: Transformou a indústria de hospedagem ao permitir que pessoas aluguem seus próprios espaços, desafiando o modelo tradicional de hotéis e oferecendo experiências mais personalizadas aos viajantes.
  • - 3. Netflix: Mudou a forma como consumimos entretenimento ao popularizar o streaming de vídeo, desafiando o modelo de TV a cabo e oferecendo conteúdo on-demand sem anúncios.

 

Mas não são só empresas globais que figuram nessa lista. O Brasil também é um país com vocação empreendedora e cultura de inovação. Existem muitas marcas nossas que estão desafiando o status quo. Aqui vão alguns exemplos:

  • - Nubank: banco digital que está revolucionando o setor financeiro. Ele oferece serviços bancários acessíveis e convenientes para pessoas que não têm acesso a bancos tradicionais.
  • - iFood: aplicativo de entrega de comida que transformou os hábitos de alimentação nas residências. Ele oferece uma variedade de opções de restaurantes e entrega rápida e conveniente.
  • - 99: concorrente à altura da Uber e preferida entre muitos brasileiros. O aplicativo de transporte oferece preços competitivos e uma experiência de usuário bastante conveniente.
  • - PagSeguro: soluções de pagamentos eletrônicos e máquinas de cartão para pequenos empreendedores, que desafiou os métodos de pagamento convencionais, oferecendo opções acessíveis e simples.
  • - Gympass: revolucionou o mercado fitness ao apresentar uma proposta inovadora: oferecer acesso a uma ampla rede de academias e estabelecimentos fitness por meio de uma única assinatura mensal, atendendo empresas interessadas em investir no bem-estar de seus colaboradores.
  • - Quinto Andar: mudou a maneira de alugar um imóvel, reduzindo o excesso de burocracia, dispensando fiadores, utilizando assinatura digital e oferecendo benefícios para os locadores, como anúncios gratuitos e garantia do pagamento da locação.
  • - Petlove: nasceu como um e-commerce e hoje é o maior ecossistema do universo pet do Brasil, incluindo portfólio de mais de 15 mil itens; aplicativo para celular e serviço de assinatura que oferece desconto nos produtos e chat online com veterinários; serviços como veterinário em casa, hospedagem e pet sitter e planos de saúde para pets.
  • - SuperOpa: nasceu com objetivo de combater o desperdício de alimentos conectando, através de um aplicativo, a indústria e os distribuidores de alimentos com os consumidores e oferecendo produtos — normalmente perto do vencimento — com até 70% de desconto.
  • - Alice: surgiu para revolucionar o mercado de planos de saúde, com uma proposta de cuidado contínuo ao usuário, que por meio do aplicativo da healthtech tem acesso a seu histórico, atendimentos e metas em prol de um estilo de vida mais saudável.
  • - Conquer: startup de cursos online, foi uma das pioneiras a mirar a nova economia, rompendo os padrões de escolas tradicionais de graduação e de especialização, com a oferta de cursos digitais de soft skills e negócios.

 

Isso só para citar dez iniciativas. Mas tem muito mais brazucas disruptivos no ecossistema de inovação. Conforme dados da Associação Brasileira de Startups, hoje são mais de 12,7 mil startups ao redor do país, com um crescimento médio de dois dígitos todo ano.

 

A opinião e as informações contidas neste artigo são responsabilidade do autor, não refletindo, necessariamente, a visão da SpaceMoney.