terça, 30 de novembro de 2021
Ambev XP BTG

XP e BTG mantêm recomendação da Ambev, mas alertam para 1º tri

27 fevereiro 2020 - 12h33Por Redação SpaceMoney
Em análises divulgadas nesta quinta-feira (27), a XP Investimentos e o BTG Pactual conservam suas recomendações neutras para a Ambev, apesar de indicarem que a companhia deve enfrentar desafios nos próximos meses. A empresa de bebidas publicou seus resultados para o quarto trimestre de 2019, reportando EBITDA ajustado de R$ 6,925 milhões e lucro líquido ajustado de R$ 4,5 bilhões. O destaque negativo ficou por conta do setor de cervejas no Brasil, que cresceu 1,4% na comparação anual, abaixo das expectativas de 2% da XP. A plataforma de investimentos destaca que a Ambev deve continuar lidando com pressões de custo em relação ao segmento da cerveja no primeiro trimestre de 2020. Com os investimentos em vendas e marketing mais acentuados no começo do ano, a expectativa é de que haja um menor EBTIDA para o período.  Já o banco BTG Pactual nota que o mercado da cerveja se tornou mais difícil para a empresa, à medida que ele se fortaleceu com o fim do “monopólio virtual” da Ambev. O relatório também cita a erosão do valor da marca como um fator que coloca “o antes notável poder de precificação e margens operacionais em risco”.  Leia mais: Balanço da Ambev decepciona e deve impactar ações negativamente
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content