Menu
Busca segunda, 25 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Via Varejo hub startups

Via Varejo adquire hub digital focado em startups

09 novembro 2020 - 11h51Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - As ações ordinárias da varejista (SA:VVAR3) operavam estáveis na manhã desta segunda-feira na B3, abaixo dos fortes ganhos do Ibovespa. A Via Varejo anunciou hoje, antes da abertura de mercado, a compra de 16,67% do hub digital Growth Partners, com foco em startups e inovação.

Por volta das 11h50, os papéis subiam 0,05% a R$ 19,23. As ações não acompanhavam a alta de 3,13% a 104.083 pontos do Ibovespa desta manhã.

A Growth Partners é controladora da startup Distrito, fundada em 2014 e que conecta grandes empresas, startups, investidores e acadêmicos, afirmou a Via Varejo em comunicado ao mercado. A empresa, que não divulgou os valores da transação, acrescentou que o negócio representa "um salto na estratégia de transformação digital" da empresa.

A aquisição "permitirá à companhia estar conectada a um dos principais hubs digitais do país, possibilitando acessar o universo de startups e viabilizando projetos de transformação e aceleração digital", afirmou a Via Varejo. Na última semana, a empresa já havia anunciado a compra da produtora de softwares para varejo i9XP, em linha com o processo de aquisição de companhias de logística dos últimos meses.

Concorrência acirrada

A Amazon (NASDAQ:AMZN)(SA:AMZO34) anunciou nesta segunda-feira a abertura de mais três centros logísticos no Brasil, com a gigante norte-americana reforçando posição no país onde o comércio eletrônico teve grande impulso na esteira da pandemia da Covid-19.

Com as unidades em Minas Gerais (Betim), Distrito Federal (Santa Maria) e Rio Grande do Sul (Nova Santa Rita), a Amazon eleva para oito o total de centros de distribuição no Brasil, facilitando a chegada a todos os municípios.

Os centros, locados, têm um espaço conjunto total de cerca de 75 mil metros quadrados, com possibilidade expansão, caso necessário. A empresa não revelou o montante do investimento empregado. O movimento, a maior expansão logística da companhia no Brasil desde que chegou ao país, em 2012, deve criar cerca de 1.500 empregos diretos.

Segundo Alex Szapiro, principal executivo da Amazon no Brasil, os novos centros permitirão que a companhia eleve de imediato, de 400 para mais de 500, os municípios cujos clientes do programa Prime recebam produtos em até dois dias úteis.

"O Brasil é o país com o crescimento mais rápido em assinaturas Amazon Prime", afirmou Szapiro em entrevista, referindo-se ao programa de fidelidade lançado no país em setembro do ano passado.

O anúncio ocorre às vésperas da Black Friday, no fim de novembro, e antes das vendas de Natal. Nos últimos meses milhares de comerciantes migraram negócios para canais puramente digitais diante das medidas de isolamento social. Essa migração se manteve nos últimos meses, mesmo com a gradual flexibilização da quarentena, o que foi refletido nos resultados do terceiro trimestre de companhias de vários setores no Brasil.

Com colaboração da Reuters

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Tags: startup
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: