segunda, 29 de novembro de 2021
Vale Brumadinho

Vale estável apesar de questionamento da Justiça sobre valor a Brumadinho

18 novembro 2020 - 11h34Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - As ações ordinárias da Vale (SA:VALE3) tinham leve recuo de 0,10% mesmo após o governo de Minas Gerais e instituições do sistema de Justiça não aceitarem a proposta financeira da mineradora para um acordo global relacionado a reparações pelo desastre de Brumadinho. Uma nova audiência foi marcada para o dia 9 de dezembro.

Por volta das 11h30, o papel era negociado a R$ 66,90. O movimento ia na linha da queda de 0,57% do Ibovespa, a 106.642 pontos.

Segundo comunicado divulgado pelo governo de Minas após audiência com a mineradora, a proposta feita pela Vale "não está em conformidade com as premissas que haviam sido acordadas".

O presidente da Vale, Eduardo Bartolomeo, havia comentado no final de outubro sobre um avanço nas premissas para o acordo, quando ressaltou que a empresa quer um acerto estável que dê segurança jurídica sobre as reparações.

Ainda segundo a nota do governo, a Vale solicitou prazo para análise das considerações feitas pelo Estado sobre o assunto.

Pouco antes, a Vale havia informado que segue mantendo um "diálogo construtivo" com o governo de Minas Gerais e instituições de Justiça visando um possível acordo global sobre Brumadinho.

Barragens em alerta

A Vale também informou nesta quarta-feira ter dado início, de forma preventiva, ao protocolo de emergência em Nível 2 da barragem Norte/Laranjeiras, da mina de Brucutu, no município de Barão de Cocais, em Minas Gerais.

Segundo fato relevante divulgado pela companhia, será iniciada, nos próximos dias, a remoção de residentes na Zona de Autossalvamento referente à estrutura, estimados em 34 pessoas.

Com informações da Reuters

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content