Menu
Busca segunda, 25 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
minério de ferro

Vale e siderúrgicas recuam com realização e queda no preço do minério de ferro

21 agosto 2020 - 18h00Por Investing.com

Por Gabriel Codas, da Investing.com - Na parte da tarde desta sexta-feira as ações da Vale (SA:VALE3) e das principais siderúrgicas operam com perdas, como reflexo da desvalorização dos preços do minério de ferro nos mercados internacionais, além de um movimento de realização de lucros depois dos ganhos no decorrer da semana.

Com isso, ao final do pregão desta sexta-feira (21), os ativos da mineradora perderam 1,19% a R$ 62,20; os da CSN (SA:CSNA3) cederam 2,23% a R$ 14,48; os da Gerdau (SA:GGBR4) recuaram 2,91% a R$ 19,68 e os da Usiminas (SA:USIM5), 1,85% a R$ 9,57.

Os contratos futuros do minério de ferro caíram nesta sexta-feira, estendendo as perdas após uma forte alta impulsionada pelo otimismo sobre a demanda de aço da China, já que alguns dados da indústria mostraram que os estoques nos portos do país subiram para uma máxima de quatro meses.

Dalian

O minério de ferro na Bolsa de Commodities de Dalian encerrou a sessão com queda de 1,3%, a 841,50 iuanes (US$ 121,85) por tonelada. O produto subiu 1,2% em relação à semana passada, seu sexto ganho semanal em sete.

Os preços do minério de ferro atingiram picos de vários anos nesta semana, já que as usinas e traders aumentaram as compras, esperando que o estímulo econômico da China mantenha a demanda forte, especialmente para vergalhão de aço para construção.

As restrições de oferta também apoiaram os preços, com o surto de coronavírus no Brasil dificultando as operações das mineradoras.

Veja os fatores que influenciam os mercados nesta sexta-feira (21)

Alguns analistas esperam uma recuperação econômica em forma de V para a China, o maior produtor e consumidor de metais do mundo, após o choque pandêmico.

“(Mas) a falta de recuperação no varejo e no investimento privado continuará a colocar o foco no estímulo para impulsionar o crescimento, o que deve beneficiar as exportações de commodities da Austrália”, incluindo minério de ferro, disse Tapas Strickland, economista do National Australia Bank.

O minério de ferro no spot foi negociado a US$ 126,50 a tonelada nesta sexta-feira, com base nos dados da consultoria SteelHome. Outros índices da indústria mostraram preços próximos ou até acima de US$ 130 dólares.

Os estoques de minério nos portos aumentaram para 117,15 milhões de toneladas nesta semana, o maior volume desde abril, segundo dados da SteelHome.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: