terça, 30 de novembro de 2021
Ultrapar

Ultrapar: veja recomendações do BTG e XP após o balanço do 3º trimestre

06 novembro 2020 - 12h23Por Redação SpaceMoney

A Ultrapar anunciou, na última quarta-feira (05), lucro líquido de R$ 265,4 mil no trimestre/">terceiro trimestre de 2020. Após a divulgação do balanço, a XP Investimentos fez recomendação neutra para os papéis, enquanto o BTG pactual indicou a compra, com preço-alvo de R$ 21. Por volta das 12h00, as ações da companhia operavam com queda de 2,03% aos R$ 19,35.

O número apresentado representa queda de 9,7% na comparação com o terceiro trimestre de 2019 e de 7%  em relação às expectativas da XP. Já o EBTIDA (lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização, na sigla em inglês) ajustado superou as previsões do mercado, ficou em cerca de R$ 1 bilhão e cresceu 5% no mesmo período.

O crescimento foi puxado principalmente pelos fortes resultados no setor de distribuição de combustíveis com a  Ipiranga e de produção química com a Oxiteno. A Ultrapar também é responsável pelas divisões Ultracargo — que presta serviços armazenagem para granéis líquidos — Ultragaz, também de combustíveis e Extrafarma, no segmento de drogarias.

Confira recomendações

Para o BTG Pactual, a Ultrapar pode ser descrita como “um portfólio resiliente e protegido contra a covid-19”. Em um relatório divulgado na última quinta-feira (5), o banco de investimentos explica que o EBITDA de empresas que compõem a Ultrapar ultrapassam expectativas e são resultados bem vistos.

A Ultragaz superou as previsões do BTG em 18% com um EBITDA de R$ 491 por tonelada; já a Oxiteno entregou um resultado de R$ 155 por tonelada, com crescimento de 4% na comparação anual. De acordo com o banco, os números demonstram que pode haver margem para aumento nos lucros e apoiam a recomendação de compra.

A XP também espera uma reação positiva do mercado a esses resultados. O movimento é explicado por indicadores acima de suas expectativas e também do consenso do mercado. 

Contudo, em relatório divulgado no mesmo dia do balanço, a corretora demonstram uma visão não tão positiva, e declara que “o maior resultado no âmbito operacional foi parcialmente compensado por despesas financeiras líquidas mais altas que nossas estimativas”. Por essa razão, sua recomendação para os papéis da companhia é neutra, com preço-alvo de R$20 por ação. 

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content