sábado, 04 de dezembro de 2021
Tenda

Tenda opera em alta após divulgar prévia operacional do 2T

17 julho 2020 - 12h25Por Investing.com

Por Gabriel Codas, da Investing.com - A Tenda (SA:TEND3) divulgou na noite de ontem a prévia operacional do segundo trimestre, com a retoma dos lançamentos com VGV de R$ 630,2 milhões (3,8x mais do que no 1T20), mas segue abaixo de 2019 no acumulado do ano (-18,6% a/a). O desempenho recorde de vendas brutas no período, no total de R$ 689,2 milhões, foi outro destaque da demanda na habitação popular. Por volta das 12h21, as ações tinham ganhos de 1,46% a R$ 34,64, longe da máxima do dia de R$ 35,25 e com desempenho inferior ao Ibovespa hoje. O principal índice acionário brasileiro subia 1,65% a 102.215 pontos. As vendas líquidas foram de R$ 576,4milhões no 2T20 (+20,1% a/a e +31,1% t/t) e a VSO líquida de 30,4% (+1,5 p.p a/a e +4,9 p.p t/t). No caso do VGV repassado foi de R$ 516,5milhões no 2T20 (+10,8%a/a e +35,1% t/t), com o banco de terrenos indo a R$ 10,69 bilhões em VGV no 2T20 (+12,5% a/a). Devido a pandemia da Covid-19, a esteira de lançamentos está mais lenta do que no período pré-pandemia por conta do isolamento social, impondo dificuldades em todas as regiões metropolitanas. A construtora destaca que parte das obras foi impactada ao longo do 2T20 por conta de decretos oficiais em alguns Estados, interrupções pontuais em algumas operações se absenteísmo. No início do 2T20, houve paralisação por decreto em obras localizadas nos Estados do RS, PE, CE e GO, onde estão localizadas 20 das 74 obras em andamento (27,0% do total). No presente momento, apenas 2 projetos estão com obras paralisadas por decreto oficial, ambos na cidade de Porto Alegre (RS). Os repasses foram normalizados no decorrer do trimestre, com a Caixa Econômica adaptando procedimentos para manter nível de repasses apesar das dificuldades operacionais impostas pelo isolamento social. O nível de distratos sobre vendas brutas (16,4% no 2T20) continuou bastante superior à média dos dois últimos anos (média de 9,2% entre 2018e 2019). Assim como ocorreu no 1T20, o alto índice de distratos está diretamente ligado às vendas não-repassadas nos períodos em que houve impasse entre os agentes do MCMV na alocação de recursos para o programa(impasses ocorridos no 3T19 e no 1T20).Mesmo com os distratos no ano até agora, ainda há backlog de repasse de vendas realizadas desde o início de 202

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content