quarta, 01 de dezembro de 2021
capital

Telebras avança com proposta de aumento de capital

01 outubro 2019 - 16h43Por Investing.com
Investing.com - A Telecomunicações Brasileiras (Telebras) divulgou fato relevante nesta terça-feira informando que seu conselho de administração deliberou propor à Assembleia Geral Extraordinária aumento de capital de R$ 1.594.666.570,00 para R$ 3.107.338.567,90, mediante a capitalização de créditos da União no valor de R$ 1.512.721.997,90. Por volta das 14h30 da tarde desta terça-feira, as ações PN operam com alta de 3,58% a R$ 37,91 e as ON estão estáveis a R$ 114,00. Caso aprovada na Assembleia Geral Extraordinária a ser convocada para o dia 31 de outubro de 2019, a proposta prevê a emissão de 10.184.492 ações ordinárias e, 8.074.780 ações preferenciais. O preço de emissão será de R$ 117,59 por ação ordinária e R$ 39,02 por ação preferencial para subscrição privada. Os recursos a serem capitalizados foram transferidos à Telebras pela União face à incumbência da Telebras na implementação do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) e do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicação Estratégica (SGDC), com o objetivo de fomentar e difundir o uso e o fornecimento de bens e serviços de tecnologias de informação e comunicação, promovendo cada vez mais a inclusão social e econômica através do acesso à internet no país", diz a proposta da administração para a assembleia sobre o tema Os acionistas terão direito de preferência na subscrição das novas ações a serem emitidas no aumento de capital, na proporção de suas participações no capital da companhia no encerramento do pregão do dia em que for realizada a Assembleia Geral Extraordinária que aprovar o aumento de capital. O Conselho de Administração também submete à Assembleia Geral Extraordinária alteração do estatuto social da Telebras para previsão de capital autorizado no valor de R$1.300.000.000,00, bem como a eleição do Conselheiro Fiscal suplente, representante do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Paulo César Rezende de Carvalho Alvim, em substituição a Tarcísio Bastos Cunha; eleição do Conselheiro Fiscal suplente, representante do MCTIC, Elifas Chaves Gurgel do Amaral, em substituição a Cristina Vidigal Cabral de Miranda; e homologação da indicação de membro do Conselho de Administração, Igor Vilas Boas Freitas.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content