sábado, 27 de novembro de 2021
Recomendações

Tecnologia desponta como boa opção para longo prazo, diz Genial; Méliuz (CASH3) se destaca no setor

O aumento da taxa de juros tende a elevar os descontos de fluxo de caixa das companhias de tecnologia, segundo relatório da corretora

29 setembro 2021 - 14h22Por Investing.com

Por Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - O setor de tecnologia tende a ficar mais exposto em situações de crise e a ser mais impactado quando a bolsa está em queda, segundo a Genial Investimentos. Ainda assim, a corretora considera essa área como um investimento interessante no longo prazo.

O aumento da taxa de juros tende a elevar os descontos de fluxo de caixa das companhias de tecnologia, segundo relatório da Genial, o que quer dizer que com uma taxa de desconto maior, os valores presente das empresas ficam menores.

Olhando para os ativos na bolsa, as ações da Méliuz (SA:CASH3) são o destaque para Genial.

Os analistas acreditam que a empresa vem tendo bons resultados na aquisição e retenção de novos clientes e no desenvolvimento da plataforma, com funcionalidades diversificadas para os usuários. A recomendação é de compra, com preço-alvo em R$ 12.

O mesmo vale para a Bemobi (SA:BMOB3), que vem assegurando a sua preocupação com o pipeline de M&As por meio das recentes aquisições.

Para a Genial, isso vai ajudar no crescimento da base de clientes e no aumento de escala do negócio. A indicação é de compra, com preço-alvo em R$ 35.

A Enjoei (SA:ENJU3), por outro lado, levanta preocupações sobre a viabilidade do negócio no longo prazo, segundo o relatório da corretora.

Isso porque ainda é incerta a porcentagem de GMV e Receita advindas de produtos falsificados e de origem duvidosa, o que dificulta a avaliação do verdadeiro valor justo da empresa. A Genial ainda está avaliando a empresa e por isso não divulgou uma recomendação para a ação.

Outra empresa que deixa a desejar aos olhos da Genial é a Mosaico (SA:MOSI3).

Os analistas esperavam que houvesse uma maior movimentação em relação aos M&As por parte da empresa, como uma forma de conseguir e reter novos clientes. Por isso, o preço-alvo foi rebaixado para R$ 13, com indicação de compra.

Às 13h50, as ações da Méliuz subiam 5,15%, aos R$ 6,33, as da Bemobi avançavam 0,29%, aos R$ 17,18, as da Enjoei disparavam 4,89%, aos R$ 4,72, e as da Mosaico recuavam 0,09%, aos R$ 11,39.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content