Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
smiles gol

Smiles questiona entendimento da CVM em voto da Gol em assembleia de acionistas

24 agosto 2020 - 16h01Por Investing.com

Por Gabriel Codas, da Investing.com - Depois de assembleia de acionistas da Smiles (SA:SMLS3), os minoritários da empresa de fidelidade disseram que a Gol (SA:GOLL4), controladora, utilizou um entendimento “ultrapassado” da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para exercer seu direito de voto a reunião da última quinta-feira. Assim, os minoritários viram o pedido de barrar contratos de compra antecipada de passagens aéreas entre as empresas ser rejeitado. As informações são da edição do último sábado, da Coluna do Broadcast, do jornal O Estado de S.Paulo.

De acordo com a publicação, a Gol justificou seu voto com o entendimento de 2017 da CVM, citado em parecer do advogado contratado pela companhia Nelson Eizirik, no qual concluía que caberia ao próprio acionista avaliar sua posição de conflito. Desta forma, a própria Gol declarou que não existia um conflito. Os minoritários pediam também ressarcimento pela operação.

A publicação explica que o entendimento da CVM que deu suporte à validade do voto do julgamento de um pedido feito pelo braço de investimento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o BNDESPar. A instituição havia questionado o direito do voto dos controladores da JBS (SA:JBSS3), por conflito, em uma assembleia que decidiria sobre o afastamento de Wesley Batista do comando do frigorífico.

A questão é que ela não chegou a ocorrer e os irmãos Batistas não votaram. Se o tivessem, a leitura seria de que CVM teria de voltar ao caso para analisar a existência ou não de conflito de interesse. Assim, os minoritários defendem a tese de que a Gol “desvirtuou” o entendimento do regulador.

A coluna revela que a percepção do mercado é que o voto da Gol foi, pelo menos, polêmico. A avaliação de uma fonte é que o controlador definir uma questão de conflito é algo “nocivo”, o que evidencia a falta de clareza em relação ao tema.

Por volta das 15h55, as ações da Smiles subiam 3,53% a R$ 14,39, enquanto os papéis da Gol avançavam 3,39% a R$ 18,31. O Ibovespa subia 0,57%, aos 102.099 pontos.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: