Menu
Busca segunda, 18 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
onde investir na crise

Safra: saiba em que ações investir durante a crise em diferentes setores

08 abril 2020 - 14h12Por Redação SpaceMoney
Em relatório divulgado na última quinta-feira (2), o Banco Safra indica as melhores ações para se investir enquanto a crise desencadeada pelo novo coronavírus durar. A equipe da instituição divide as ações entre segmentos de baixo, médio e alto impacto durante a crise. "Houve um forte movimento de aversão ao risco, que culminou em forte queda das bolsas de valores, em reação a dados que mostravam o alastramento doença, declarada como pandemia pela OMS no dia 11 de março", constam membros do banco no artigo. "Nossos analistas consideram interessante [o momento] para investidores com visão de médio e longo prazo." Segundo especialistas do Safra, os setores que mais registraram desconto até agora foram Aviação (desconto de 67% contra média histórica dos últimos quatro anos, com base na análise de múltiplos P/L por setor), Shoppings (-51%), Distribuição de Combustíveis (-46%), Alimentos e Bebidas (-45%), Construção (-42%), Utilidades Básicas (-35%) e Serviços Financeiros (-34%). Das categorias citadas, analistas enxergam momento de oportunidade nos setores de Utilidades Básicas, Alimentos e Bebidas, e de Serviços Financeiros, que seriam boas alternativas de exposição defensiva se a crise for prolongada por muito tempo. Por outro lado, os outros ramos devem se recuperar rápido ao fim do ápice da crise. "Em Utilidades Básicas, as empresas contam com receitas já contratadas, no caso de geradoras e transmissoras de energia. Em Serviços Financeiros há uma parcela grande da receita de bancos provenientes de tarifas. Já nas empresas de Alimentos e Bebidas, [...] o consumo de alimentos apenas migrou de canal, passando de restaurantes para supermercados."

Preferências

Em utilidades básicas, as companhias de energia CPFL e Energisa são as preferidas de especialistas. Além disso, recomendam ações de Hapvida, TIM, Bradesco, B3 entre empresas de setores menos afetados pela crise. Nas categorias que passarão mais sufoco mais em meio à onda do coronavírus, a equipe do Safra também indica ações de preferência para incluir na carteira. São elas Azul, com "menor passivo no curto prazo se comparada à Gol". Além de Iguatemi Shopping, Unidas e ações preferenciais da Petrobras. Entre os setores que terão impactos "médios", analistas recomendam a empresa Tenda, do ramo de construção civil de baixa renda, e Eztec no mesmo segmento mas direcionado à média-alta renda. Também retificam ações da Vale, Gerdau, Login, CCR e Pão de Açúcar.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: