Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Financiamento estudantil

Respondemos a 4 perguntas comuns sobre financiamento estudantil

11 julho 2020 - 16h30Por Redação SpaceMoney

Na última sexta-feira (10), o financiamento estudantil voltou às manchetes com a lei, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, que suspende os pagamentos de parcelas de financiamento estudantil até 31 de dezembro de 2020, em razão da pandemia de coronavírus. 

Mas você sabe como funciona esse tipo de financiamento? Nesta SpaceDica, você pode conferir as respostas para algumas das dúvidas mais comuns dos estudantes

1. Como declarar um financiamento estudantil no Imposto de Renda?

Se você ainda está fazendo o curso que foi financiado, você deve declarar os pagamentos feitos à instituição de ensino, mesmo que intermediados pelo banco. No campo das dívidas, você deve preencher o total do empréstimo para os seus estudos. 

2. Qual outro financiamento estudantil existe além do FIES?

O FIES (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior) é um programa de ajuda do governo federal para pagamento de mensalidades de estudantes do ensino superior. 

Precisa de crédito? Converse com um especialista da SpaceMoney

Mas, além dele, bancos privados também têm linhas de crédito para estudantes, com taxas que podem ser maiores. Além disso, o programa Pra Valer, semelhante ao FIES, também empresta dinheiro para alunos, assim como o Sem Enem. 

3. Posso usar um financiamento para intercâmbio?

Para quem quer estudar fora do país, também há opções de financiamento. Instituições como a Creditas têm linhas com garantia, e outros bancos, como Bradesco, concedem empréstimos para essa possibilidade. 

4. Há financiamento estudantil para pós-graduação?

Sim! Além do FIES, bancos também têm linhas de crédito para MBAs, mestrados, doutorados e cursos especializantes.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: