domingo, 05 de dezembro de 2021
Brexit

Reino Unido e UE chegam a acordo para Brexit

17 outubro 2019 - 10h50Por Agência Brasil
O Reino Unido chegou a acordo com a União Europeia sobre o Brexit. O presidente da Comissão Europeia Jean-Claude Juncker e o primeiro-ministro britânico Boris Johnson já anunciaram ter o acordo fechado, tendo sido alcançada uma solução para a questão das Irlandas. O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, encontra-se em Bruxelas, reunido com Juncker num encontro protocolar, e deverá também fazer um anúncio do novo acordo ainda hoje (17).
“Apesar de lamentar profundamente o resultado do referendo de 23 de junho de 2016, continuo a acreditar que a União Europeia é melhor servida se houver uma saída ordenada e amigável do Reino Unido da nossa União”, escreveu Jean-Claude Juncker em uma carta ao presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, publicada no Twitter. “No entanto, a ratificação do acordo de saída tem sido difícil no Reino Unido. De modo a ajudar o primeiro-ministro britânico a garantir a maioria necessária na Câmara dos Comuns, as negociações com o Reino Unido foram retomadas em setembro deste ano”, explicou. De acordo com o presidente da Comissão Europeia, as negociações estão focadas no protocolo para a Irlanda e “procuraram identificar uma solução mutuamente satisfatória que dê resposta às circunstâncias específicas dessa ilha”. “Os negociadores discutiram também a Declaração Política que estabelece o enquadramento da futura relação entre a União Europeia e o Reino Unido”, avançou Juncker. “Acredito que é o momento de completar o processo de retirada e seguir em frente, tão rapidamente quanto possível, para [proporcionar] as negociações sobre a futura parceria da UE com o Reino Unido”, concluiu, na carta endereçada ao presidente do Conselho Europeu.

Novo acordo

Boris Johnson também já anunciou no Twitter o que já considera um “grande novo acordo”. “Agora o Parlamento deverá concluir o Brexit no sábado para que possamos seguir em frente com outras prioridades como o custo de vida, o serviço nacional de saúde, os crimes violentos e o nosso ambiente”, declarou o primeiro-ministro britânico.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content