Menu
Busca quinta, 28 de outubro de 2021
Carteira recomendada

Singulare vê BB, GPA descontados; adiciona quatro ações na carteira de dezembro

02 dezembro 2020 - 13h56Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - A Singulare retirou Raia Drogasil (SA:RADL3) ON, Itaúsa (SA:ITSA4) PN, Petrobras PN (SA:PETR4) e CPFL Energia (SA:CPFE3) ON da carteira recomendada de dezembro para a entrada de Banco do Brasil (SA:BBAS3) ON, BR Malls (SA:BRML3) ON, Sabesp ON (SA:SBSP3) e Engie (SA:EGIE3) unit.

O portfólio da corretora é composto por outras seis ações, incluindo CCR ON (SA:CCRO3), Hapvida (SA:HAPV3) ON, EDP (SA:ENBR3) do Brasil ON, GPA (SA:PCAR3) ON, Bradesco (SA:BBDC4) PN e JBS ON (SA:JBSS3), todas com peso de 10% cada.

Em novembro, o rendimento da carteira atingiu 15,7%, contra 17% do Ibovespa, enquanto no ano acumula queda de 5,84%, contra recuo de 10,38% do índice.

Confira as justificativas para a escolha de cada papel:

CCR

Os impactos da paralisação para conter o avanço da Covid-19 sobre os resultados da empresa têm sido menores que o esperado, o que, combinado com uma queda de mais de 28,6% do papel este ano, sustenta a visão positiva da corretora para as ações da empresa.

GPA

Os analistas veem as ações da varejista descontadas em relação ao preço-justo de R$ 86 e esperam um ganho de market share do grupo em relação a players menores e menos capitalizados, bem como pela maior parcela de vendas através do canal online.

EDP do Brasil

Para a corretora, a queda dos juros domésticos reduz o custo de capital da empresa, o que combinado com um portfólio de geração de energia robusto e um nível de alavancagem financeira administrado, favorece o aumento de geração de fluxo de caixa para os acionistas da empresa.

BR Malls

Os analistas veem os papéis da administradora de shoppings como “excessivamente” descontadas por conta das medidas de restrição de mobilidade social para conter o avanço da Covid-19. A corretora vê uma recuperação dos resultados operacionais e a volta do bom nível de geração de fluxo de caixa operacional.

Banco do Brasil

Além do valuation descontado, os analistas se dizem otimistas com as ações do Banco do Brasil pela posição de destaque no segmento de atuação, com mais de 40% da carteira de crédito concentrada nos segmentos de agronegócio e consignado.

Hapvida

A corretora espera que a Hapvida continue a expandir os resultados operacionais via aquisições, principalmente de ativos na região Sudeste do país e crescimento orgânico.

JBS

Os analistas esperam que a empresa continue a apresentar forte resultado operacional no decorrer dos próximos exercícios como consequência do cenário externo mais favorável para produtores de proteína animal.

Sabesp

Além do valuation atrativo e sólido histórico de geração de fluxo de caixa operacional, a Sabesp deve continuar sendo beneficiada por conta da aprovação do novo marco regulatório do Saneamento e também por conta da renegociação com municípios que anteriormente encontravam-se inadimplentes junto à companhia, escrevem os analistas.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: