sexta, 24 de maio de 2024
SpaceRecomendações

Petrobras (PETR3)(PETR4): Queda no diesel reflete movimentos de preços recentes, diz Goldman Sachs

Recomendação permanece neutra para as ações da estatal, com preço-alvo de R$ 28,00 para PETR3, e R$ 25,50 para PETR4

28 abril 2023 - 15h56Por Mari Galvão
Fachada Petrobras no Rio de JaneiroFachada Petrobras no Rio de Janeiro - Crédito: Reuters

A Petrobras (PETR3;PETR4) reduziu o preço do diesel para as distribuidoras de R$ 3,84 para R$ 3,46 por litro, uma queda de 10%.

A redução entrará em vigor amanhã (29 de abril). Levando em consideração esse ajuste, o Goldman Sachs vê agora os preços do diesel da cotação PBR 7% acima da referência da Costa do Golfo, enquanto os preços da gasolina estão 5% abaixo dos níveis de preço.

Além disso, o GS afirma que o preço da gasolina está 7% acima da referência internacional pela metodologia da ABICOM. 

Para referência, o desconto médio em relação à Costa do Golfo foi de 4/14% para diesel/gasolina em 2022.

Os analistas também destacam que, desde o último reajuste de preço do diesel da PBR (em 22 de março), os preços do diesel na Costa do Golfo caíram 16% nas estimativas.

Portanto, eles acreditam que a queda de preços de hoje simplesmente reflete os movimentos recentes de preços internacionais.

Nesse sentido, a recomendação do Goldman Sachs permanece neutra para as ações da Petrobras, com preço-alvo de R$ 28,00 para PETR3, e R$ 25,50 para PETR4.