Menu
Busca domingo, 17 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Indicações da corretora

Onde investir em 2021, segundo a Warren

18 janeiro 2021 - 14h07Por Redação SpaceMoney

Uma recuperação sustentada, porém moderada, do investimento privado é o que a Warren espera para o ano de 2021. A expectativa, segundo um relatório divulgado na última sexta-feira (15), deve-se “à política monetária expansionista e à Selic em nível mínimo recorde de 2%”.

Tendo em vista este cenário, a corretora listou algumas das oportunidades para investimentos nos próximos trimestre e explicou por que aposta em cada uma delas. Confira abaixo:

Crédito privado

Para a Warren, as debêntures, LCIs (Letras de Crédito Imobiliário), LCAs (Letras de Crédito do Agronegócio) e CDBs (Certificados de Depósitos Bancários) estarão entre os investimentos mais atrativos para renda fixa em 2021, assim como ocorreu no ano anterior.
        
Segundo a corretora, dois drivers serão responsáveis pela alimentação do segmento. O primeiro é a “busca por rendimento por conta do nível ancorado e da baixa rentabilidade nos investimentos de renda fixa”. 

O segundo está ligado às expectativas da Warren frente ao nível recorde de liquidez nos balanços corporativos que, “juntamente com as condições fáceis de financiamento e a recuperação do crescimento em 2021”, poderá acarretar em um “cenário otimista para os investimentos em crédito privado”.

Investimentos atrelados à inflação

De acordo com o relatório, com a demanda de consumo de bens e serviços exercendo pressão sobre os preços, a categoria poderá parecer atrativa em 2021.

Para que o investidor entre no segmento, a Warren indica que há duas formas: a primeira é por meio dos títulos públicos atrelados ao IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), o índice inflacionário oficial do Brasil. “O Tesouro IPCA, por exemplo, combina especialmente com investidores de perfil mais conservador e apegados à segurança dos seus rendimentos”, cita a corretora.

Já para perfis mais arrojados, o relatório aponta que os fundos imobiliários (FIIs), cujo valor dos aluguéis é corrigido por outro índice inflacionário, o IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado), podem ser uma boa opção na renda variável.

Bolsa de valores

Por fim, ainda segundo a corretora, “investir em ações de boas empresas de
setores atingidos pela pandemia da Covid-19 pode trazer boas oportunidades de ganhos no
longo prazo”.

Os setores de turismo, aviação, educação e shoppings, por exemplo, estão entre os mais afetados pelas medidas de distanciamento social. Além disso, a Warren afirma que as commodities “ganharam forte impulso no final de 2020” e podem continuar em destaque ao longo do ano.
 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: