sexta, 24 de maio de 2024
SpaceRecomendações

Multiplan (MULT3) já saltou quase 30% no ano e pode crescer mais, diz Goldman Sachs

Analistas do banco norte-americano reiteraram a recomendação de compra dos papéis, com preço-alvo de R$ 31,00 em doze meses

18 maio 2023 - 11h38Por Lucas de Andrade

Desde o início do ano, as ações de Multiplan (MULT3) se valorizaram em 28,87%. Os papéis eram cotados a R$ 20,71, em 2 de janeiro, e chegaram a 26,62, na última quarta-feira (17), mas há espaço para desempenho maior, na avaliação do Goldman Sachs.

Após reunião com o CEO e o CFO da operadora de shoppings, analistas do banco norte-americano reiteraram a recomendação de compra dos papéis, com preço-alvo de R$ 31,00 em doze meses - o que implica em um potencial de valorização de 16,5% sobre a cotação do fechamento anterior.

No encontro, a administração expressou foco no crescimento e rentabilidade, com a manutenção da alavancagem em níveis baixos - aproximadamente 1,5x relação dívida líquida-EBITDA.

Para a administração, as experiências do locatário e do cliente são fundamentais - o que eles veem como abordagem por meio de eventos -, e seu aplicativo Multi, entre outros recursos, que, em última análise, a cúpula acredita que levou ao tráfego de pedestres, vendas e, por fim, poder de preço.

No geral, a reunião reforçou a visão otimista sobre a Multiplan, que, com base na análise proprietária estaria aproximadamente 75% exposta a shoppings AAA e A.

Esse cálculo, se concretizado, poderia ajudar a impulsionar o crescimento dos aluguéis em curto e médio prazos.

Analistas veem a operadora fortemente posicionada em termos de avaliação e alavancagem quando comparada a pares globais. Para o Goldman Sachs, a Multiplan mostrou uma das relações estatísticas mais fortes com as taxas durante os ciclos de flexibilização em sua cobertura imobiliária na América Latina.