terça, 28 de maio de 2024
SpaceRecomendações

MRV (MRVE3): como avaliar o desempenho operacional no 1º tri?

Entre janeiro e março, a companhia registrou que as vendas líquidas saltaram 20% em um ano, a R$ 1,8 bilhão

13 abril 2023 - 14h44Por Lucas de Andrade

As vendas líquidas de MRV (MRVE3) totalizaram um valor geral de vendas (VGV) de R$ 1,8 bilhão no primeiro trimestre deste ano.

No período, 8.255 unidades foram vendidas, um crescimento de 20% em relação ao registrado no mesmo período de 2022 - um recorde dentre os primeiros trimestres da história da construtora. 

Entre janeiro e março passados, melhorou a gestão de caixa e conseguiu reduzir a queima da operação brasileira em 49,0% na comparação com o trimestre anterior, a R$ 208 milhões.

Apesar de reduzida, e ainda significativa, com a queima a construtora conseguiu recuperar sua velocidade de vendas, destacou o Bradesco BBI.

A MRV efetuou ainda o pagamento da operação de equity swap da recompra de 24 milhões de ações, equivalentes a R$ 214 milhões. 

O covenant da dívida foi mantido abaixo do limite de 0,65.

Para o Bradesco BBI, outro destaque foi o preço médio de venda sequencialmente mais alto, o que reforça as expectativas de analistas por uma melhora nas margens ao longo do ano.

O Bradesco BBI reiterou sua classificação outperform para os papéis, com o preço-alvo de R$ 16,00.