terça, 28 de maio de 2024
SpaceRecomendações

Méliuz (CASH3): o que esperar do balanço do 1º tri?

EBITDA deve retrair acima de 160% nas bases de comparação trimestral e anual, dizem analistas

09 maio 2023 - 13h32Por Lucas de Andrade
 - Crédito: Divulgação

A Genial Investimentos acredita que a Méliuz (CASH3) vai trazer um primeiro trimestre com números negativos, com uma estrutura de custos ainda pesada, não compensada por crescimento do top line, com uma desaceleração da operação de crédito que impediu o crescimento da vertical de serviços financeiros, além da retração de uma vertical de shoppings ano a ano.

Na avaliação dos analistas, as receitas devem desacelerar sequencialmente e as despesas com cashback devem retrair ano a ano, devido ao aumento de net take rate.

Para os analistas, o EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) vai retrair: -165,4% T/T e -185,6% A/A, a um valor negativo de R$ 48,8 milhões.

Apesar do resultado operacional extremamente pressionado, o resultado financeiro deve novamente reduzir o prejuízo, devido à ausência de endividamento que pese para a companhia. A receita financeira da aplicação do caixa desponta como um bom atenuante, pontuam os analistas.

Sem sinalizações positivas para o trimestre, com varejo fraco, que segue sem recuperação para a vertical de shoppings, e o Bankly dentro da estrutura consolidada por mais tempo do que o esperado, a Genial Investimentos enxerga pouco espaço para a apreciação das ações.

Nesse sentido, analistas rebaixaram o rating da recomendação de compra para manter, como também o preço-alvo de R$ 1,00 (de R$ 1,50, anteriormente), o que conferiria ao papel um upside de 16,28%. 

Tags: CASH3, Méliuz