sábado, 18 de maio de 2024
SpaceRecomendações

Gafisa (GFSA3): Bradesco BBI se mantém neutro sobre ação, entenda os motivos

A empresa registrou prejuízo líquido de R$ 34 milhões no primeiro trimestre deste ano, uma reversão ao lucro líquido de R$ 115 mil apurado em igual período de 2022

16 maio 2023 - 15h55Por Mari Galvão

A Gafisa (GFSA3) registrou um prejuízo líquido de R$ 34,02 milhões no primeiro trimestre deste ano, uma reversão ao lucro líquido de R$ 115 mil apurado em igual período de 2022.

A Gafisa apresentou boa evolução nas vendas contratadas (+22% no ano), mas ainda não foi suficiente para aliviar significativamente seu estoque em 22 meses de vendas, segundo os analistas do Bradesco BBI.

A lucratividade da empresa com os projetos foi prejudicada pelo custo mais alto de financiamento, com uma  margem bruta de 27% (próxima de seus pares), mas uma margem bruta consolidada abaixo da média, em 10%.

Esse resultado combinado com maiores despesas financeiras, levou ao prejuízo no trimestre, segundo os analistas.

Além disso, eles citam ainda que, com o atual valor de mercado deprimido de R$ 334 milhões, qualquer necessidade de capital adicional levaria a uma significativa diluição de propriedade, o que é um risco para a tese.

O Bradesco BBI se mantém neutro sobre a ação, com preço-alvo de R$ 27,00. Nesta terça-feira (16), as ações recuavam 5,96%, a R$ 5,21, por volta de 15:34.

Tags: Gafisa, GFSA3