sábado, 18 de maio de 2024
Ações recomendadas

Embraer (EMBR3): BTG Pactual mantém recomendação de compra

Nova companhia aérea dos EUA, liderada por Ed Wegel, ex-CEO da GlobalX, vai voar com aeronaves da gigante brasileira

15 maio 2024 - 12h16Por Lucas de Andrade

Ed Wegel, ex-CEO da GlobalX, planeja uma nova companhia aérea sediada na Flórida, a Zoom Airlines, que estaria pronta para lançar-se com os E-jets da Embraer (EMBR3), de acordo com agências de notícias de aviação. 

De acordo com o executivo, já existem avanços na operação aérea regular e os jatos da Embraer para lançamentos seriam E190/195 E1, alimentados pelos motores CF34 da General Electric, que Wegel descreve como excelentes motores que proporcionam um ótimo encaixe para nossos planos de rede.

Para o BTG Pactual, a decisão de lançar a nova companhia aérea com os jatos da Embraer mostra a forte aceitação do produto da família E1 nos EUA, mesmo que não seja possível afirmar se as aeronaves componentes da frota são novas ou usadas.

Analistas avaliam ser cedo demais para tirar conclusões sobre a Zoom! e suas implicações para a Embraer, mas a notícia destaca dois aspectos-chave de seu sucesso comercial nos últimos anos:

  • - i) forte aceitação da família E1 nos EUA, onde a Embraer recentemente assegurou um grande pedido com a American Airlines; e
  • - ii) superior disponibilidade de produtos da Embraer, que tem causado uma impressão positiva nos clientes dos EUA, especialmente com concorrentes-chave como Airbus e Boeing que lutam para aumentar suas entregas. 

 

A notícia também destaca o ambiente positivo na aviação comercial, e, nesse sentido, o BTG Pactual observa a Embraer afirmar em sua última chamada que as campanhas em andamento totalizam até 200 aeronaves.

O sucesso dessas campanhas continua sendo um impulsionador-chave das ações. 

O BTG Pactual recomenda compra das ADRs, com preço-alvo de US$ 32,00, com base no forte momentum de lucros esperado para o ciclo 2024-2025.

O forte momentum de todas as divisões (Comercial, Executiva, Defesa, Serviços) apoia a tese para a lacuna de valoração (justificada) em relação aos seus principais pares globais se estreitar.

Tags: EMBR3, Embraer