sexta, 24 de maio de 2024
SpaceRecomendações

Eletrobras (ELET3): aquisição de Santo Antônio foi fundamental para recuperação da empresa, diz BTG

A transação foi concluída em um múltiplo implícito de 8,5x EV/EBITDA ajustado 2022

21 março 2023 - 14h04Por Lucas de Andrade
EletrobrasEletrobras - Crédito: REUTERS/Brendan McDermid

Na terça-feira (21), a Eletrobras (ELET3)(ELET6) anunciou a aquisição de 23,0% da UHE Santo Antônio (3,6 GW) por R$ 168 milhões da Cemig GT, Novonor e AGPar. Com a transação, a ex-estatal elevou sua participação no ativo de 72,30% para 95,20%.

A transação foi concluída em um múltiplo implícito de 8,5x EV/EBITDA ajustado 2022.

De acordo com o BTG Pactual, embora represente uma pequena saída de caixa, a aquisição foi mais um passo importante para sinergias operacionais e
simplificação da estrutura acionária, fundamental para a recuperação da empresa.

Analistas relembram que a companhia injetou R$ 1,58 bilhão na Santo Antônio, devido a decisões judiciais desfavoráveis de um processo de arbitragem em junho de 2022.

Como os demais acionistas decidiram não injetar o capital necessário proporcionalmente às suas participações, a Eletrobras aumentou sua participação na Santo Antônio de 43,0% para 72,0%, o que levou à consolidação da Santo Antônio.

A operação fez com que a dívida líquida da empresa chegasse a quase R$ 19,0 bilhões.

O BTG Pactual reiterou a recomendação de compra para os papéis, com preço-alvo de R$ 64,00.