segunda, 06 de dezembro de 2021
Veja recomendações

BRF cai com realização de lucros após resultados fortes no segmento brasileiro

26 fevereiro 2021 - 10h46Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - Os papéis da BRF (SA:BRFS3) caíam 2,79% nesta sexta-feira (26) após a companhia apresentar lucro líquido de R$ 902 milhões no quarto trimestre de 2020, alta de 32,6% na base anual, resultado mais forte que o esperado para o período, segundo os analistas da XP Investimentos.

Perto das 10h50, a ação era negociada a R$ 22,66. O papel acumula alta de 9,33% nos últimos trinta dias e queda de 17,87% nas últimas 52 semanas.

Para a XP Investimentos, em relatório assinado pelos analistas Larissa Pérez e Leonardo Alencar, a margem EBITDA consolidada de 13% da BRF ficou em linha com o trimestre anterior, “sinalizando eficiência na gestão de sua operação em meio a um cenário de aumento no custo de matéria-prima”.

Para os analistas, os resultados do frigorífico mostraram sucesso na melhoria do mix de produtos, com um número maior de inovações no portfólio. Eles destacam uma combinação de marcas fortes, portfólio diversificado, inovação e bom posicionamento dos produtos como ferramentas melhores e mais eficientes do que o hedge de custos.

Assim, mantiveram a recomendação de compra, com preço-alvo de R$ 30 por ação.

Já os analistas do BTG Pactual (SA:BPAC11) destacaram que, após anos de vendas estagnadas, a combinação de real desvalorizado, inflação dos alimentos e um melhor mix de produtos levaram a resultados melhores que o esperado.

Em relatório assinado por Thiago Duarte e Henrique Brustolin, o banco de investimentos destacaram o desempenho no mercado brasileiro, mas com resultados menos otimistas no segmento internacional por conta do ciclo negativo para a carne de frango.

Eles mantiveram a recomendação neutra para o papel, à espera de mais sinais de que a empresa possa contornar a queda das margens de frango e da normalização da demanda no Brasil. O preço-alvo para o papel é de R$ 23.

Segundo a BRF, em nota desta quinta-feira (25), o resultado consolidado e o crescimento da receita foram atribuídos ao melhor desempenho comercial do segmento Brasil, ao aumento da receita líquida do segmento internacional, além dos efeitos da desvalorização cambial durante todo o ano de 2020.

Veja como as ações operaram hoje no Ibovespa

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content