sexta, 24 de maio de 2024
SpaceRecomendações

BB (BBAS3) vai pagar 11,4% em dividendos em 2023, diz Santander

BB desponta como a principal escolha do setor, porque, além de possuir um dos maiores dividend yields esperados para este ano, deve manter o bom momento de lucros atual

22 maio 2023 - 13h56Por Lucas de Andrade
Fachada Banco do BrasilFachada Banco do Brasil - Crédito: Divulgação

Em sua carteira recomendada mensal para melhores ações pagadoras de dividendos em maio, o Santander reiterou sua confiança nos papéis de Banco do Brasil - BB (BBAS3).

No material assinado pelos analistas Ricardo Peretti e Alice Corrêa, as ações do banco estatal foram estimadas ao preço-alvo de R$ 62,00, com um dividend yield projetado em 11,40% neste ano.

Na avaliação, Peretti e Côrrea destacam que o BB desponta como a principal escolha do setor, porque, além de possuir um dos maiores dividend yields esperados para este ano, deve manter o bom momento de lucros atual.

A instituição caminha para entregar um lucro líquido de R$ 35,6 bilhões em 2023 - o que implica em um crescimento de 10% ano a ano, e um retorno sobre o patrimônio líquido de 21,0%, acima dos rivais no segmento.

As ações são negociadas a um múltiplo P/VPA de 0,67x, abaixo do árduo período de 2015-2016, momento em que o ROE atingiu o patamar de 7,5% (2016).

Em termos comparativos, o ROE do BB no quarto trimestre foi de 22,7%.

Dessa forma, por muito que compreendam o risco político por ser uma companhia estatal, os analistas acreditam que ainda existe um risco assimétrico em seu valuation, que ficou ainda mais visível após a publicação do guidance para 2023.
 

Tags: BB, BBAS3