sexta, 19 de abril de 2024
Ações recomendadas

Aeris (AERI3): após 4T23, Genial corta preço-alvo e recomenda venda da ação

A empresa reportou um prejuízo de R$ 63,8 milhões no quarto trimestre de 2023

22 fevereiro 2024 - 12h35Por Mari Galvão
Fachada da AerisFachada da Aeris - Crédito: Divulgação

Diante dos desafios de 2024, a Genial Investimentos alterou a recomendação das ações da Aeris (AERI3) de 'manter' para 'vender'. Além disso, a casa cortou o preço-alvo de R$ 0,90 para R$ 0,50

A empresa reportou um prejuízo de R$ 63,8 milhões no quarto trimestre de 2023, queda 4,3% em relação ao mesmo período de 2022. No acumulado do ano, o prejuízo líquido foi de R$ 106,6 milhões, redução de 11,2% na base de comparação anual.

No EBITDA (sigla em inglês para lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado, a empresa somou R$ 34 milhões no 4T23, queda de 30,7% em relação ao 4T22.

A Genial afirmou que os resultados foram fracos no período, com falta de novos pedidos no curto prazo e enfraquecimento do preço da energia no longo prazo.

"Ainda que crescendo em relação ao trimestre anterior, (visão pro-forma) os sinais de desaceleração são evidentes, refletidos em volumes de produção que começam a desacelerar. No 1T24, a empresa informou o descomissionamento de 5 linhas maduras, antecipando uma tendência de inflexão negativa nos resultados operacionais e confirmando nossas expectativas de um 2024 extremamente desafiador", explica o analista Ygor Bastos. 

Do lado positivo, a Genial observa alguns pequenos sinais de reorganização interna e busca por otimização dos custos.

A casa ressalta que, durante o trimestre, a empresa iniciou a recompra das debêntures AERI11 e AERI12, num montante total de R$ 41 milhões de reais, apenas 3% dos R$ 1,3 bilhões emitidos com vencimentos em 2025 e 2026.

 

Tags: AERI3, Aeris