quarta, 22 de maio de 2024
Ações Recomendadas

3R Petroleum (RRRP3): BTG destaca estratégia de crescimento em 2024, ao recomendar compra na ação

Banco observou progresso importante nos dados operacionais do primeiro trimestre e destaca virada de chave no plano de desenvolvimento

13 abril 2024 - 12h00Por José Chacon

BTG Pactual observou um crescimento marginal nos dados operacionais do primeiro trimestre de 2024 da 3R Petroleum (RRRP3).

Com isso, o banco reforçou sua recomendação de compra para a ação, com preço-alvo de R$ 52,00 pelos próximos 12 meses.

Embora o BTG tenha reconhecido o "ceticismo" dos investidores em relação à empresa, especialmente em relação às altas expectativas geradas pela curva de produção futura, a falta de ajustes significativos nas previsões operacionais e de investimento deve reduzir a percepção de risco para a empresa e aumentar a confiança em sua capacidade de gerar caixa no curto prazo.

"Os volumes 1P e 2P cresceram 3% em relação ao ano anterior, atingindo 379 milhões de barris de óleo equivalente (boe) e 530 milhões de boe, respectivamente. Este aumento foi impulsionado principalmente pelos ativos de Potiguar e Campos, especialmente o campo de Papa Terra, que registrou um crescimento nas reservas 1P e 2P de 5% e 22% a/a, respectivamente" comenta o BTG.

"Esses resultados compensaram a queda nos volumes dos ativos do Recôncavo e Espírito Santo", completou o banco.

Além disso, o BTG destaca que o índice de vida útil das reservas da 3R aumentou para 35 anos, evidenciando a sustentabilidade e robustez de suas operações a longo prazo.

"Vale ressaltar que os volumes 1P continuam a representar a maioria dos 2P, consolidando a posição sólida da empresa no mercado", disse.

O BTG Pactual também observou que a curva de preço do petróleo utilizada no relatório permaneceu estável, o que indica que a expectativa de maior geração de valor vem não apenas do crescimento na produção esperada, mas também de estimativas de investimento em capital menor nos próximos anos.

A previsão é de que a empresa invista menos em 2024 e 2025 em comparação com certificações anteriores, o que abre espaço para revisões positivas nas expectativas de geração de caixa da RRRP.

Diante disso, o BTG expressa confiança na proposição de valor da RRRP e destaca 2024 como um ponto de virada nos planos de crescimento da empresa, prevendo intervenções significativas em seus ativos que devem preparar o terreno para uma redução substancial nos custos operacionais a partir de 2025.