segunda, 29 de novembro de 2021
finançaspessoais

Provisionamento dos grandes bancos para inadimplência atinge R$ 28,38 bi no 1º tri   

11 maio 2020 - 13h12Por Redação SpaceMoney

No primeiro trimestre de 2020 os grandes bancos brasileiros reservaram um total de R$ 28,38 bilhões em PDD, a sigla para Provisão de Devedores Duvidosos. Esse foi o segundo maior valor trimestral de PDD já registrado (veja a evolução do PDD no gráfico abaixo). As informações são da plataforma de análise de dados Economática. O PDD é uma reserva financeira que reflete a preocupação com o crescimento da inadimplência, isto é, com a possibilidade de os tomadores de empréstimo não honrarem seu compromissos junto às instituições financeiras. Resumindo, esse indicador mostra a deterioração da atividade econômica, a perda de rendas das pessoas e o comprometimento do fluxo de caixa de empresas. corresponde a expectativa de perda de ativos No primeiro trimestre deste ano, o Itaú Unibanco, com R$ 10,8 bilhões, liderou o provisionamento, seguido pelo Bradesco com R$ 7,3 bilhões, Banco do Brasil, com R$ 6,6 bilhões, e Santander, com R$ 3,5 bilhões. Dos quatro bancos, o Santander e Banco do Brasil registram diminuição de PDD no primeiro trimestre de 2020 com relação ao quarto trimestre de 2019.  

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content