Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
petróleo

Petróleo se recupera enquanto outro furacão fecha plataformas do Golfo

27 outubro 2020 - 18h41Por Investing.com

Por Geoffrey Smith, da Investing.com - Os preços do petróleo bruto saltaram fortemente na terça-feira (27), após pesadas perdas na segunda-feira, com a aproximação do furacão Zeta anunciando mais uma paralisação da produção no Golfo do México.

Às 18h37 (horário de Brasília), os futuros do petróleo dos EUA subiam 0,9%, a US$ 38,92 o barril, enquanto os futuros do Brent subiam 0,2%, a US$ 41,12 o barril.

Os futuros da gasolina RBOB subiam 1,1%, a US$ 1,1095 o galão.

As vendas de segunda-feira foram causadas por temores de que a propagação da pandemia pudesse atingir novamente a demanda por combustível na América do Norte e Europa. No entanto, a trajetória do vírus parece consideravelmente melhor na China e na Índia, duas outras importantes regiões importadoras. A Índia está atualmente registrando os menores números de infecção em meses.

O Zeta, que o Centro Nacional de Furacões espera que atinja a região leste da Louisiana na quarta-feira, é o 11º furacão da temporada deste ano. Uma temporada normal tem seis. Cada evacuação de trabalhadores da plataforma foi complicada este ano pela pandemia do coronavírus, que exigiu que todos fossem testados antes de retornar ao trabalho todas as vezes.

As preocupações com o excesso de oferta devem permanecer, no entanto, até que a Opep+ sinalize formalmente um atraso para um aumento de produção de quase 2 milhões de barris por dia que está, por enquanto, ainda previsto para 1º de janeiro. O mercado mundial também está tendo que absorver quantidades crescentes de petróleo da Líbia, que não está coberta pelo acordo de restrição de produção.

A Bloomberg citou uma pessoa familiarizada com o assunto dizendo que o país do Norte da África havia aumentado sua produção para mais de 700.000 barris por dia na segunda-feira. Os analistas esperam que isso suba para mais de 1 milhão de barris por dia dentro de um mês.

Durante a noite, a BP do Reino Unido (NYSE:BP) deu início à temporada de balanços do setor com um relatório relativamente otimista, indicando que poderia retomar as recompras de ações já no quarto trimestre do próximo ano. No entanto, a pressão de curto prazo sobre os produtores permaneceu em evidência, já que notícias apontaram para cerca de 25% do quadro da Cenovus (TSX:CVE) e Noble Energy (NASDAQ:NBL) perdendo seus empregos na sequência de fusões com a Husky Energy (OTC:HUSKF) e com a Chevron (NYSE:CVX), respectivamente.

Enquanto isso, o diretor financeiro da BP, Murray Auchincloss, observou que a demanda por combustível ainda permanece cerca de 15% abaixo dos níveis do ano anterior.

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: