Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Petróleo

Petróleo se recupera com sinais da Opep+ de possível atraso no aumento da produção

19 outubro 2020 - 14h28Por Investing.com

Por Geoffrey Smith, da Investing.com - Os preços do petróleo bruto subiam na segunda-feira (19) depois que os dois maiores exportadores de petróleo do mundo deram sinais de que talvez precisem abandonar, ou pelo menos atrasar, o aumento na produção que esperam realizar no início de 2021.

No discurso de abertura de uma reunião de ministros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus maiores aliados, o ministro da Energia da Rússia, Alexander Novak, e seu homólogo da Arábia Saudita, Príncipe Abdulaziz bin Salman, alertaram sobre um período incerto pela frente e enfatizaram a necessidade de uma política de produção do grupo para permanecer flexível em seus esforços para apoiar os preços.

Às 14h30 (horário de Brasília), os futuros do petróleo dos EUA eram negociados em alta de 0,19% a US$ 41,20 o barril, enquanto o benchmark internacional Brent descia 0,19% a US$ 42,85 o barril.

Os futuros da gasolina dos EUA subiam 0,5%, a US$ 1,1742 o galão, tendo atingido uma baixa de duas semanas durante a noite.

Novak da Rússia alertou em seus comentários na sessão de "abertura" da reunião que a situação permanece frágil e que a recuperação da demanda de petróleo desacelerou desde o verão. Isso se deve em grande parte ao ressurgimento da pandemia de Covid-19 na maior parte do hemisfério norte - fora da China - conforme as temperaturas mais frias e o início do ano letivo se combinaram para espalhar o vírus novamente. As internações hospitalares na América do Norte e na Europa vêm aumentando há mais de um mês.

Mesmo a recuperação da China se achatou um pouco, com os números do PIB do terceiro trimestre decepcionando tanto na comparação trimestre a trimestre quanto na comparação anual, embora o país continue no caminho de se tornar a única grande economia do mundo que não vai encolher este ano.

Por sua vez, o príncipe Abdulaziz alertou que o bloco deve estar pronto para agir preventivamente para evitar uma repetição do caos do segundo trimestre, quando uma queda na demanda por um breve período tornou os preços futuros negativos pela primeira vez.

“Temos que ser capazes de tomar medidas para evitar tendências e desenvolvimentos negativos, para eliminá-los pela raiz, antes que se tornem ameaçadores”, disse Abdulaziz. “Ninguém no mercado deve ter dúvidas quanto ao nosso compromisso e intenção. Na verdade, não seria sensato se alguém duvidasse da nossa determinação ”.

Abdulaziz havia feito comentários semelhantes em uma reunião anterior neste ano na direção daqueles que estão tentados a vender a descoberto no mercado.

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: