Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Petróleo

Petróleo cai com controvérsias da Opep e casos do coronavírus

03 julho 2020 - 11h45Por Investing.com

Por Peter Nurse

Investing.com - Os mercados de petróleo caíam na sexta-feira (3), com o ressurgimento dos casos da Covid-19, principalmente nos EUA, o maior consumidor do mundo, ameaçando a recuperação da demanda por petróleo.

Às 11h30 (horário de Brasília), os contratos futuros de petróleo dos EUA eram negociados em baixa de 1,5%, a US$ 40,02 por barril. O contrato de referência internacional Brent caía 1,5%, para US$ 42,47.

Os EUA registraram cerca de um quarto dos quase 11 milhões de casos em todo o mundo, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins, e o número está crescendo rapidamente.

Os EUA registraram mais de 50.000 novos casos na quinta-feira, pelo segundo dia consecutivo, com um número recorde de novas infecções na Flórida e no Texas. Muitos estados decidiram adiar e, em alguns casos, reverter planos para permitir a reabertura de lojas e atividades, ameaçando atrapalhar a recuperação incipiente da demanda por petróleo.

Além do pessimismo em torno do mercado, há a preocupação de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados, incluindo a Rússia, possam retomar sua guerra de preços e abandonar a restauração em fases do fornecimento ao mercado no final deste mês.

O Wall Street Journal informou no início desta semana que a Arábia Saudita ameaçou reiniciar a guerra de preços que resultou em quedas dramáticas no preço do petróleo, a menos que colegas da Opep - principalmente Angola e Nigéria - cumpram as regras relativas aos cortes de produção acordados pelo cartel .

Na quinta-feira, a gigante petrolífera dos EUA Exxon Mobil (NYSE:XOM) também alertou para maiores perdas em seus resultados do segundo trimestre, dizendo que os preços do petróleo acentuadamente mais baixos acabarão com bilhões em lucro operacional.

Os rivais Royal Dutch Shell (LON:RDSa) e BP (NYSE:BP) já disseram que vão cortar massivamente os gastos.

Os investidores esperam que a demanda de gasolina nos EUA aumente no final de semana do feriado de 4 de julho, com muitas famílias devendo pegar a estrada. Ainda não se sabe se esse aumento nas viagens resultará em um aumento adicional de casos do Covid-19 e possivelmente em mais medidas de bloqueio.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: