Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
ouro dólar

Ouro cai enquanto dólar ganha outra alta que faz pouco sentido

02 setembro 2020 - 18h23Por Investing.com

Por Barani Krishnan, da Investing.com - Se você é um touro de ouro, você será perdoado por pensar que toda a lógica foi jogada pela janela agora.

Os comprados no metal amarelo sofreram outro golpe na quarta-feira (2), com os futuros da Comex e o preço à vista do ouro caindo mais de US$ 30 a onça cada, em uma onda de vendas que se estendeu do início da sessão de Nova York até o fechamento.

O gatilho? Nada aparente, embora o vencedor fosse claro: o dólar que teve um impulso, apesar de uma leitura antecipada dos números de empregos nos EUA em agosto pela ADP, mostrando que as folhas de pagamento das empresas aumentaram em apenas 428.000 contra uma projeção de um ganho de 1 milhão. As vendas no varejo alemão tiveram um desempenho superior e o PPI europeu foi misto ano a ano, mas o euro não conseguiu superar o dólar.

O resultado foi um Índice Dólar que saltou 0,6%, atingindo a alta de 92,87, depois de atingir uma mínima de dois meses de 91,737 apenas um dia antes. Se qualquer coisa, o dólar se tornou um ativo de risco total junto com as ações, que novamente desfrutaram de uma alta em Wall Street - apesar da queda dos rendimentos do Tesouro dos EUA e de uma política super-dovish do Federal Reserve.

Na terça-feira, os futuros do ouro atingiram US$ 2.000 por onça pela primeira vez em 10 sessões, antes de serem puxados de volta para a mínima da sessão de US$ 30 abaixo das máximas do dia, com o ouro se recuperando com dados relativamente benignos do ISM dos EUA.

“O ouro teve outro impulso para US$ 2.000, mas mais uma vez ficou aquém, já que o dólar encenou outra recuperação”, disse Craig Erlam, analista da OANDA, que insistiu que o dólar deveria estar “em uma trajetória de queda (à medida que os rendimentos dos EUA permanecem baixos)”.

Os futuros de ouro de dezembro na Comex caíam US$ 30,60, ou 1,5%, a US$ 1.948,30 por onça à 17h05 (horário de Brasília). O indicador atingiu uma máxima de US$ 2.000,65 na sessão anterior.

O preço à vista do ouro, que reflete as negociações em lingotes, caía US$ 28,80, ou 1,5%, para US$ 1.941,84.

Os dados da folha de pagamento do ADP de quarta-feira vieram antes dos números de empregos de agosto do Departamento do Trabalho dos EUA, esperados na sexta-feira. Os números oficiais devem mostrar que a folha de pagamento não-agrícola cresceu em até 1,4 milhão no mês passado, após um acréscimo de 1,76 milhão em julho.

Antes do número de sexta-feira, o Departamento do Trabalho lançará primeiro os pedidos semanais de seguro-desemprego na quinta-feira, que devem chegar a 980.000 contra 1,006 milhão da semana passada.

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Tags: dólar, Ouro
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: