domingo, 28 de novembro de 2021
IBC-Br

XP: resultado do IBC-Br indica corte de 0,25% na Selic

16 janeiro 2020 - 14h07Por Redação SpaceMoney
Divulgado na manhã de hoje (16), o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), medido pelo Banco Central, teve alta de 0,18% em novembro de 2019, em comparação com o mês anterior. Em análise publicada em seu site, a XP Investimentos ressaltou que esse resultado foi acima do esperado e "corrobora a mensagem de recuperação gradual da atividade econômica brasileira".  Essa foi a quarta alta seguida do IBC-Br, que acumulou alta de 1,10% em relação ao mesmo mês de 2018. O índice foi criado pelo BC para ajudar instituições financeiras a tomar decisões com relação ao câmbio ou à taxa básica de juros, a Selic, e medir a atividade econômica, mês a mês, antes de o PIB oficial ser divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).  Com um corte na Selic, por exemplo, tomar empréstimos de bancos fica mais barato, tanto para empresas quanto para pessoas, e isso estimula a produção e o consumo. Esse movimento reaquece a economia, mas deixa margem para um aumento descontrolado da inflação. Para isso, o BC deve se certificar de que os preços estão estáveis antes de cortar a taxa básica de juros. Na visão da XP, dado o atual cenário, o próximo passo BC será de um corte de 0,25% na taxa Selic na reunião de fevereiro. Além disso, a corretora estipula que o PIB de 2019 tenha expansão de 1,7% em relação ao ano anterior, e que o PIB do quarto trimestre venha 0,5% maior do que o do terceiro do mesmo ano.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content