Menu
Busca segunda, 18 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Big Bang Day

O que esperar do Big Bang Day nesta terça (25)

24 agosto 2020 - 17h26Por Redação SpaceMoney

O governo federal deve lançar nesta terça-feira (25) o novo programa Pró-Brasil, um megapacote de medidas econômicas que prometem ajudar na retomada econômica. O apelido "Big Bang Day" foi dado pela equipe econômica do ministro Paulo Guedes, que deve apresentar os projetos junto com o ministro da Casa Civil, Walter Braga Netto.

Do Bolsa Família ao Minha Casa Minha Vida, que deve virar um programa voltado para construção, o programa pode ter grande impacto. O Pró-Brasil divide suas ações em dois eixos: "ordem", com mudanças legislativas, e "progresso", com propostas para investimentos e privatizações.

Quer tomar as melhores decisões de investimento? Fale com um especialista SpaceMoney

Renda Brasil

Além da extensão do auxílio emergencial até dezembro e com valor reduzido, o governo pode anunciar também mais detalhes sobre o Renda Brasil. O programa deve substituir o Bolsa Família a partir de janeiro, com valor mensal de R$ 300 e atingindo 20 milhões de famílias. O Renda Brasil também deve extinguir outros benefícios, como o abono salarial e seguro-defeso de pescadores.

Reforma tributária

Em contrapartida ao alívio tributário às empresas, o governo pretende lançar o imposto sobre transações. A expectativa é de que isso deve acontecer amanhã, apesar das comparações à impopular CMPF, Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira, extinta em 2007.

Ainda em relação ao mercado de trabalho, a Carteira Verde Amarela, programa para contratação de profissionais que ganhem menos de um salário mínimo, deve ser relançada. O governo deve bancar a diferença de pagamento para o mínimo de R$ 1.045.

Privatizações

A desestatização do Porto de Santos, dos Correios e da PPSA (Pré-Sal Petróleo S/A) podem ser anunciadas no "Big Bang Day".

Ajuste fiscal

De olho no teto de gastos, o governo planeja enviar a chamada PEC do Pacto Federativo. A proposta permite acionar mecanismos de contenção de despesas, como a desvinculação de respeitas e extinção de fundos públicos. Isso aliado às propostas que já tramitam no Congresso, que proíbem reajustes de salários, criação de cargos e novos concursos públicos.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: