quarta, 08 de dezembro de 2021
Ibovespa

Nova carteira do Índice Bovespa tem entrada de ações da Azul e do IRB; Log Com sai

02 maio 2019 - 13h04Por Angelo Pavini
A B3 divulgou hoje a terceira prévia da nova composição da carteira teórica do Índice Bovespa, que valerá a partir do dia 6 de maio, segunda-feira, até dia 30 de agosto de 2019. Assim, haverá ainda um dia de negociação para a definição final do índice. Mas as entradas e saídas de ações não devem mudar. Na terceira prévia divulgada hoje, com base no fechamento do pregão de 30 de abril, está prevista a entrada das ações preferenciais (PN, sem votos) da Azul (AZUL4) e dos papéis ordinários (ON, com voto) do IRB Brasil (IRBR3). Já o papel ON da Log (LOGG3) deve sair. Com isso, o índice passará a ter 66 ativos de 63 empresas, ante 65 ativos hoje. Os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice foram: Itau Unibanco PN (9,999%), Vale ON (9,882%),  Bradesco PN (8,636%), Petrobras PN (7,359%) e Petrobras ON (5,085%). Comparando com a carteira atual, válida de 7 de janeiro a 3 de maio, Itaú Unibanco perdeu participação (tinha 10,801%), assim como a Vale (10,774%). Já o Bradesco ganhou peso no índice (8,570% na carteira anterior), assim como Petrobras PN (7,208%) e Petrobras ON (5,015%).

Quer investir mas não sabe como começar? Abra uma conta na Órama e faça o seu dinheiro render!

O peso de cada ação é calculado pelo seu valor de mercado, ponderado pelo seu volume de negócios. Acompanhar a carteira do índice é importante pois muitos investidores a usam como referência para montar suas carteiras. Isso facilita o acompanhamento do desempenho e ajuda na montagem de operações de proteção (hegde) ou arbitragem nos mercados futuros. Muitos fundos passivos apenas acompanham a carteira, como os fundos com cotas negociadas em bolsa, os ETFs, como o BOVA11. E mesmo os fundos ativos costumam usar parte da carteira do índice, mudando apenas alguns papéis. Assim, uma empresa que entra no índice passa a fazer parte da carteira de grandes investidores e costuma se valorizar e ganhar liquidez, além de ser mais acompanhadas por analistas de corretoras e bancos. Já o contrário ocorre com as que saem. A B3 divulga regularmente três prévias das novas composições dos índices: a 1ª prévia, no primeiro pregão do último mês de vigência da carteira em vigor; a 2ª prévia, no pregão seguinte ao dia 15 do último mês de vigência da carteira em vigor e a 3ª prévia, no penúltimo pregão de vigência da carteira em vigor. A B3 também divulga as carteiras dos outros índices. Um índice importante é o Índice Brasil Bovespa 100, que reúne as 100 empresas mais negociadas e com maior valor de mercado, e que costuma ser usado pelos fundos de pensão e grandes investidores institucionais como referência. O IBrX-100 registra a saída das ações ON da Log Com Prop. (LOGG3) e da Valid (VLID3) e a entrada da unit (recibo de ações) do BTG Pactual (BPAC11). O IBrX-100 tem agora 100 ações. Já o IBrX 50, que serve de referência para o ETF It Now PIBB11, o pioneiro e um dos maiores fundos com cotas negociadas em bolsa do mercado, registra a saída da Qualicorp (QUAL3) e da Hypera (HYPE3) e a entrada de Sabesp ON (SBSP3) e Multiplan ON (MULT3). O post Nova carteira do Índice Bovespa tem entrada de ações da Azul e do IRB; Log Com sai apareceu primeiro em Arena do Pavini.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content