Menu
Busca sábado, 16 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
sabesp privatização

Sabesp: mudança em diretoria levanta especulações sobre privatização

18 setembro 2020 - 17h13Por Investing.com

Por Gabriel Codas, da Investing.com - O assunto da privatização da Sabesp (SA:SBSP3) voltou a acender as especulações no mercado, depois de uma troca na diretoria da estatal paulista de saneamento. De acordo com reportagem do Valor, o diretor metropolitano da empresa, Paulo Massato, está deixando o cargo.

Executivo de carreira na companhia, Massato já estava aposentado e, mesmo assim, apontado como um dos homens-forte da estatal. A reportagem destaca que ele era responsável pelo controle dos investimentos.

Na quinta-feira, as primeiras notícias de sua saída da estatal passaram a circular no mercado. Na visão de analistas e investidores, isso pode ser um bom sinal para uma possível venda do controle. Fontes disseram ao jornal que Massaro era um dos executivos que mais se opunha à venda da Sabesp, sendo que seu braço-direito na empresa era Roberval Tavares, que foi presidente da Abes (Associação de Engenharia Sanitária e Ambiental) e trabalhou de forma efusiva contra a aprovação do novo marco legal do setor, que abriu caminho para a alienação do controle de estatais.

Reunião

Anteriormente, no começo da semana, lembra a publicação, houve uma reunião no Palácio dos Bandeirantes. Ela contou com o governador João Doria (PSDB), o vice-governador e secretário de governo, Rodrigo Garcia; o secretário da Fazenda e Planejamento, Henrique Meirelles; o secretário de Projetos, Orçamento e Gestão, Mauro Ricardo; e o presidente da Sabesp, Benedito Braga, o que já tinha levantado a bola da volta do tema da privatização à pauta. Entretanto, segundo fontes, não há uma decisão definitiva sobre o tema.

Agora, por escolha do governo, a diretoria de Massato deverá ter ocupação de Ricardo Borsari; atual diretor de sistemas regionais da Sabesp e ex-secretário paulista de Saneamento e Recursos Hídricos, em 2018. Nesse sentido, Ricardo fez reestruturações importantes dentro da empresa e de acordos para a renovação de contratos com cidades no litoral, segundo outros funcionários.

Assim, ao final do pregão desta sexta-feira (18), os ativos caíram 0,04%, a 47,47, oscilando entre mínima de R$ 46,38 e máxima de R$ 48,43.

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: