quarta, 08 de dezembro de 2021
Magazine Luiza

Magalu e BB Seguridade avançam antes de balanço; BR Distribuidora e Taesa caem

06 maio 2019 - 14h51Por Investing.com
Investing.com - A temporada de balanços reserva importantes resultados que serão divulgados nesta segunda-feira, após o fechamento dos mercados, com destaque para Magazine Luiza, Banco do Brasil Seguridade, BR Distribuidora e Transmissora Aliança de Energia Elétrica (Taesa). Na espera dos números, as ações da rede varejista (SA:MGLU3) são negociadas com valorização de 1,42% a R$ 199,03. O consenso do mercado aponta para lucro líquido por ação de R$ 0,76, ficando assim abaixo dos R$ 0,91 registrados no último trimestre do ano passado, e também inferior aos R$ 1,61 por ação registrados nos primeiros três meses de 2018./~]

Quer investir mas não sabe por onde começar? Abra uma conta na Órama e faça o seu dinheiro render!

Em relação as receitas, a projeção é que alcance o total de R$ 4,41 bilhões entre janeiro e março deste ano, contra R$ 4,61 bilhões registrados no período imediatamente anterior. Já no mesmo trimestre do ano passado, o resultado foi de R$ 3,61 bilhões. O BTG Pactual (SA:BPAC11), que tem recomendação de compra para os ativos, a expectativa é de receitas de R$ 4,9191 bilhões e lucro líquido de R$ 127 milhões. BR Distribuidora Já as ações da BR Distribuidora (SA:BRDT3) recuam 0,44% a R$ 22,71. O mercado estima que o lucro líquido seja de R$ 0,41, sendo que no trimestre passado foi de R$ 0,50. Já no mesmo período de 2018, o resultado por ativo foi de R$ 0,21. Para as receitas, a distribuidora da Petrobras (SA:PETR4) deve fechar o período entre janeiro e abril com R$ 22,69 bilhões, contra R$ 25,22 bilhões registrados no trimestre imediatamente anterior. Já nos três primeiros meses de 2018, as entradas foram de R$ 22,5 bilhões. Para a BR Distribuidora, o BTG tem recomendação neutra e espera receitas de R$ 23,696 bilhões e lucro líquido de R$ 297 milhões nos três primeiros meses de 2019. BB Seguridade Já os papéis da BB Seguridade (SA:BBSE3) somam 1,03% a R$ 28,32, com o consenso do mercado para o lucro líquido por ação em R$ 0,45 para o primeiro trimestre. No fechamento do ano passado, o lucro líquido foi de R$ 0,42 e de R$ 0,45 no mesmo período de 2018. Em relação às receitas, a projeção é de R$ 979,9 milhões para o primeiro trimestre de 2019, contra R$ 1,28 bilhão entre outubro e dezembro do ano passado. Já nos três primeiros meses de 2018 foi de R$ 1,27 bilhão. No caso, a recomendação do BTG também é de compra, com a expectativa de lucro líquido de R$ 863 milhões no primeiro trimestre. Taesa Já as ações da Taesa (SA:TAEE11) operam com perdas de 1,53% a R$ 25,80 na tarde desta segunda-feira na bolsa paulista. O mercado espera por lucro líquido por ação de R$ 0,74 no primeiro trimestre, contra R$ 0,58 no período imediatamente anterior. Entre janeiro e março de 2018, o resultado foi de R$ 0,63. Em relação as receitas, a estimativa é de R$ 435,41 milhões no primeiro trimestre, contra R$ 355 milhões entre outubro e dezembro do ano passado e de R$ 419 milhões no mesmo período de 2018.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content