quarta, 01 de dezembro de 2021
Balanços 3T21

Lucro da EDP (ENBR3) avança 70,3% em um ano; companhia anuncia novo programa de recompra de ações

Nos nove primeiros meses deste ano, a companhia somou R$ 1,35 bilhão em lucro líquido

26 outubro 2021 - 08h58Por Redação SpaceMoney

Na segunda-feira (25), a companhia elétrica EDP Energias do Brasil, da portuguesa EDP, divulgou os números de seu balanço referentes às atividades do terceiro trimestre.

No período de julho a setembro, a companhia registrou um lucro líquido de R$ 510,5 milhões, um avanço de 70% sobre o apurado um ano antes (R$ 299,7 milhões).

Nos nove primeiros meses deste ano, a EDP somou R$ 1,35 bilhão em lucro líquido. O montante representa um avanço de 67,2% em relação ao obtido em igual período de 2020 (R$ 808 milhões).

Ebitda

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) foi registrado no patamar de R$ 1,124 bilhão, valor 60,7% acima do reportado doze meses atrás, enquanto em termos ajustados somou R$ 753,8 milhões - alta de 30,1%.

Nos nove primeiros meses deste ano, o Ebitda foi de R$ 2,972 bilhões, 49,8% a mais do que o informado no mesmo intervalo de 2020 (R$ 1,984 bilhão).

Já o Ebitda ajustado, pelos efeitos não recorrentes e não caixa, foi de R$ 753,9 milhões e de R$ 2,2 bilhões, expansões de 30,1% e de 27,9%, no trimestre e no acumulado de janeiro a setembro, respectivamente.

Dívida líquida

A dívida líquida da EDP cresceu 31,8% na base de comparação anual e soma, agora, R$ 8,08 bilhões.

EDP anuncia cancelamento de ações e novo programa de recompra

Após a divulgação do balanço, a EDP anunciou o cancelamento de ações atualmente mantidas em tesouraria e o lançamento de um novo programa de recompra de ações.

A companhia cancelou o total de 25.685.126 ações ordinárias (ENBR3) mantidas em tesouraria, sem redução do valor do capital social.

Dessa maneira, o capital social de R$ 5.502.715.947,12 passou a ser dividido em 581.165.268 ações ordinárias. Foram mantidas em tesouraria 200.000 ações.

A EDP informou que ainda há a possibilidade de recomprar até 23.558.500 de suas ações emitidas, em um prazo máximo de dezoito meses.

Até ontem (25), havia 261.355.469 ações da companhia em circulação.

O dinheiro para a recompra, segundo a companhia, deve vir da reserva de lucros.

A EDP planeja “adquirir ações para manutenção em tesouraria, com o objetivo de aplicar recursos disponíveis para maximizar a geração de valor para os acionistas, uma vez que, na visão da administração, o valor atual de suas ações não reflete o real valor dos seus ativos”.

"A administração entende que esta deliberação faz parte do processo contínuo da companhia em maximizar valor aos seus acionistas e que sua situação financeira atual é compatível com a possível execução do Programa de Recompra nas condições aprovadas, não sendo vislumbrado nenhum impacto ao cumprimento das obrigações assumidas aos credores e demais compromissos", disse a empresa em comunicado.

Tags: edp

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content