segunda, 29 de novembro de 2021
Linx

Linx cai após queda no lucro líquido; acionistas aguardam desfecho de disputa

10 novembro 2020 - 14h17Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - As ações ordinárias da Linx (SA:LINX3) caíam 0,54% nesta terça-feira após a companhia apresentar, ontem à noite, lucro líquido de R$ 3 milhões no terceiro trimestre, queda de 74,8% na base sequencial.

Os papéis eram negociados a R$ 36,70 por volta das 13h54, com mínima em R$ 35,91 e máxima em R$ 36,88, com R$ 26,87 milhões de volume negociado. O Ibovespa avançava 1,99% a 105.578 pontos.

A companhia é palco de disputa entre a Stone (NASDAQ:STNE) e a Totvs (SA:TOTS3) e os acionistas devem decidir sobre o assunto na assembleia geral marcada para 17 de novembro.

Balanço da Linx

A Linx registrou lucro líquido de R$ 3 milhões no terceiro trimestre de 2020, queda de 84,5% em relação ao mesmo período de 2019 e retração de 74,8% na comparação com o segundo trimestre. De acordo com a empresa, a piora reflete o impacto negativo no resultado financeiro com a redução gradual do CDI no período e aumento no custo da dívida da companhia, além de maiores custos de publicidade e implementação, efeitos das aquisições de empresas e consolidação das respectivas estruturas de custos e reversão líquida de earn-outs nos períodos.

Já o Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) totalizou R$ 44,635 milhões no terceiro trimestre, alta de 11,3% em relação a igual época do 2019. Na comparação com o segundo trimestre, porém, houve queda de 9,8%. O Ebitda ajustado atingiu R$ 57,4 milhões entre julho e setembro, acréscimo de 21,7% na comparação anual e queda de 4,7% em relação ao segundo trimestre. A receita recorrente atingiu R$ 215,5 milhões no terceiro trimestre, representando 85% da receita operacional bruta, aceleração de 18,5% em um ano e avanço de 3,7% ante o segundo trimestre.

"Destaca-se a contribuição da receita recorrente no trimestre como consequência da aceleração do processo de transformação digital dos varejistas. Adicionalmente, as evoluções são explicadas por iniciativas vinculadas ao quadro de funcionários e seus benefícios, postergação ou cancelamento de convenções e eventos e redução de despesas com viagem e hospedagem", explicou a empresa em seu relatório trimestral.

No terceiro trimestre, o saldo de caixa e aplicações financeiras da companhia atingiu R$ 759,9 milhões, R$ 314,6 milhões abaixo do valor no terceiro trimestre de 2019 em função principalmente do desembolso decorrente das cinco aquisições de empresas e execução do programa de recompra das ações de emissão da companhia.

A dívida bruta da companhia encerrou o terceiro trimestre em R$ 515,4 milhões, alta de 23,5% ante o segundo trimestre. Enquanto isso, o caixa líquido ficou em R$ 244,5 milhões.

Ao final do terceiro trimestre, a Linx atingiu taxa de renovação de clientes de 98,8%, em linha com o trimestre anterior mesmo em meio a um cenário de pandemia.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content