Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
csan3

Itaúsa, JBS, Oi, Cesp e Cosan divulgam balanços na tarde desta segunda-feira

13 maio 2019 - 15h24Por Investing.com
Investing.com - Nesta segunda-feira, logo após o fechamento do pregão, está programada mais uma leva de resultados trimestrais das empresas que estão listadas na bolsa paulista. Destaques para os números da Itaúsa (SA:ITSA4), JBS (SA:JBSS3), Oi (SA:OIBR4), Cesp (SA:CESP6) e Cosan (SA:CSAN3). No caso do braço de investimentos do Itaú (SA:ITUB4), o consenso do mercado é de lucro líquido por ação de R$ 0,34, contra R$ 0,31 registrados um ano antes, quando a estimativa era de R$ 0,26. Já nos três meses que fecharam 2018, o resultado foi de R$ 0,30 por papel, contra aposta de R$ 0,32. Já para as receitas, a mediana estima um total de R$ 2,85 bilhões, sendo que um ano antes as entradas líquidas foram de R$ 2,4 bilhões, superando os R$ 2,27 bilhões esperado. Já nos três últimos meses do ano passado, as receitas foram de R$ 1,26 bilhão, contra R$ 2,68 bilhões de expectativa. Quer investir em ações? Clique aqui e abra sua conta na XP! É grátis, online e rápido! Para a JBS, o consenso de mercado é que o lucro por ação seja de R$ 0,20, ficando acima dos R$ 0,18 registrados entre janeiro e março de 2018. Já no período que fechou o ano passado, o lucro por papel foi de R$ 0,21, contra R$ 0,36 que eram esperados pelos analistas. No caso das receitas, as estimativas são de R$ 46,1 bilhões de entrada no período, contra R$ 39,78 bilhões do mesmo período do ano passado. Já entre outubro e dezembro de 2018, as receitas foram de R$ 47,32 bilhões, ante estimativa de R$ 48,73 bilhões. O consenso de mercado para a Oi é de prejuízo líquido por ação de R$ 0,18, sendo que um ano antes houve lucro de R$ 12,60 por papel, diante de um cenário com expectativa de perdas de R$ 0,18. Já nos últimos três meses do ano passado, o resultado ficou em linha com o esperado, com perdas de R$ 0,17. Em relação às receitas, o total deve ser de R$ 6,89 bilhões entre janeiro e março, contra R$ 5,67 bilhões do mesmo período do ano passado, em um cenário de expectativa de R$ 5,8 bilhões. Já entre outubro e dezembro, as receitas foram de R$ 5,32 bilhões, contra R$ 5,45 bilhões que eram esperados pelo mercado. No caso da Cesp, a mediana das projeções dos analistas aponta para um lucro líquido por ação de R$ 0,17, contra prejuízo de R$ 0,01 do mesmo período do ano passado. Já entre outubro e dezembro, houve lucro de R$ 0,06, mas a estimativa era de R$ 0,11. Assim, as receitas da companhia paulista devem chegar a R$ 417,43 milhões no trimestre, contra R$ 394 milhões do mesmo período do ano passado. Já entre outubro e dezembro de 2018, o resultado foi de R$ 405,8 milhões. Por fim, a Cosan deve registrar no primeiro trimestre do ano lucro líquido de R$ 1,49, contra R$ 0,85 do mesmo período do ano passado, ocasião que o consenso era de R$ 0,74. Já entre outubro e dezembro do ano passado, o resultado superou as estimativas de R$ 1,64 e registrou R$ 2,68. No caso das receitas, o mercado estima um total de R$ 15,94 bilhões, contra R$ 13,58 bilhões do mesmo período de 2018, sendo que eram esperados R$ 13,23 bilhões. Entre outubro e dezembro, as receitas foram de R$ 17,21 bilhões, contra estimativa de R$14,8 bilhões.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: