Menu
Busca terça, 03 de agosto de 2021
Warren SpaceNow
Warren SpaceNow Mobile
Ibovespa reverte ganhos

Ibovespa vira para o vermelho após declaração de Bolsonaro sobre a volta da CPMF

16 dezembro 2019 - 19h24Por Redação SpaceMoney
Warren 970x250 4
Durante a sessão, o Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, bateu novo recorde de máxima intradiária, superando os 113 mil pontos. Contudo, no final do pregão, o marcador virou para o vermelho após o presidente Jair Bolsonaro fazer declaração sobre a volta Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). Bolsonaro afirmou que “todas as alternativas estão sobre a mesa” quando questionado sobre a possibilidade da volta do tributo. Assim, no fim do dia, a baixa do Ibovespa foi de 0,59%, aos 111.896,04 pontos.

Dólar

Na mesma direção, o dólar comercial encerrou a sessão em queda de 1,103%, cotado R$ 4,06.  Estas foram as principais notícias de hoje:

Guerra comercial

O anúncio de cancelamento do aumento das tarifas comerciais animou os mercados pelo mundo na manhã desta segunda-feira (16). As bolsas da Ásia e da Europa amanheceram em alta com a perspectiva do avanço de um acordo comercial parcial. O último domingo (15) era uma data-chave para o fim da guerra comercial, isso porque os EUA planejavam aumentar de 10% para 15% as taxas sobre produtos chineses, o que acabaria com qualquer possibilidade de uma negociação com o país asiático, segundo especialistas. Ainda não está claro se a China seguirá adiante com o acordo, entretanto a suspensão da medida é vista como um primeiro passo para um acordo preliminar mais sólido.

Boletim Focus

O Banco Central divulgou na manhã desta segunda-feira (16) mais uma edição do Boletim Focus, que traz as expectativas do mercado para a economia nacional. Houve um aumento na taxa de crescimento para este ano, de 1,10% na semana passada para 1,12%. A aposta para 2020 também foi elevada, de 2,24% para 2,25%. Também foi elevada a expectativa do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que é uma prévia da inflação oficial, de 3,84% para 3,86%, o que ainda está dentro da margem de erro de 1,5 ponto percentual do centro da meta de 4,5%. Não houve variação na taxa básica de juros, a Selic, que permanece na perspectiva de 4,50% para 2020. Em relação ao dólar, a moeda americana deve fechar o ano no mesmo patamar esperado para a semana passada, cotada a R$ 4,15. O mesmo ocorre para 2020, que deve se manter em R$ 4,10, como estimado na semana passada.

Índice Geral de Preços

O Índice Geral de Preços–10 (IGP-10) teve alta de 1,69% em dezembro, com a forte alta dos preços no atacado, e acumula um avanço de 6,39% no ano, segundo dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV). O indicador é consolidado a partir de números de outros índices, como o Índice de Preços por Atacado – Mercado (IPA-M), o Índice de Preços ao Consumidor – Mercado (IPC-M) e o índice Nacional do Custo da Construção-Mercado (INCC-M), que levam em conta bens de consumo (como alimentação) e bens de produção (matérias primas, material de construção, etc)
Warren 970x250 - pgs internas
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app:
Warren Rodapé
Warren Rodapé Mobile