segunda, 06 de dezembro de 2021
Ibovespa vira

Ibovespa vira para alta após corte de juros nos EUA

30 outubro 2019 - 15h34Por Redação SpaceMoney
O Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, iniciou a sessão desta quarta-feira (30) em queda. Às 12h39, a baixa era de 0,5% com 107.014,53 pontos. Entretanto, às 15h29 a alta era de 0,17% com 107.740,04 pontos. A virada se deu por conta do anúncio de corte na taxa de juros dos EUA. A reunião de hoje do Fed resultou em redução de 0,25 pontos percentuais. Assim, o mercado nacional se animou. Vale lembrar que ainda hoje acontecerá a reunião do Copom, órgão do Banco Central (BC) que define a taxa básica de juros no país (Selic). O mercado espera que a Selic seja reduzida para 5%, o que seria a mínima histórica.

Dólar

O dólar comercial, por sua vez, operava em alta de 0,425%, cotado a R$ 4,02. Veja os principais fatores que podem influenciar os marcadores na sessão de hoje:

Cortes de juros

Segundo a Bloomberg, o Federal Reserve (Fed), o banco central estadunidense, acabou de reduzir a taxa básica de juros dos EUA para um intervalo de 1,50%-1,75%. O corte foi de 0,25 pontos percentuais. O corte corresponde às expectativas do mercado. Com isso, especialistas da Ipê Investimentos acreditam que a bolsa brasileira, a B3, pode sofrer um impacto positivo até o final do dia. Enquanto isso, aqui no Brasil, o Bacen, o Banco Central do Brasil, deve divulgar um corte na Selic em 0,50%, levando a taxa básica para 5,0%, a mínima histórica.

Balanços

Cielo

Na noite de ontem, a Cielo divulgou seu resultado do terceiro trimestre. Os números mostraram queda de 51,7% na comparação com igual etapa de 2018. Assim, as ações da Cielo (CIEL3) são negociadas com forte queda na sessão.

Magalu

Em contrapartida, as ações do Magazine Luiza (MGLU3) operam com forte alta. A performance se deve pelo fato de que a companhia reportou crescimento do lucro no terceiro trimestre apoiado em forte expansão das vendas.

Multiplan

A administradora de shoppings Multiplan (MULT3) divulgou, após o fechamento do pregão da terça-feira (29), um resultado bom e um pouco superior ao esperado em termos de receita líquida e de lucro líquido. 

Gerdau

A Gerdau teve queda no lucro do 3º trimestre de 63,5%, para R$ 289 milhões. O Ebitda ficou em R$ 1,457 bilhão, queda de 27,6%, com margem de 14,7%, um ponto porcentual menor que no terceiro trimestre de 2018.

Agenda econômica

Na agenda doméstica, o destaque vai para a pauta de reformas pós-previdência. O governo pode mandar para o Congresso nesta quinta-feira (31) sua proposta para a reforma administrativa.

Europa

Por fim, os mercados europeus estão em leve baixa. A performance é puxada pelas ações do setor automobilístico. Os papéis estão em queda devido ao atraso do acordo entre EUA e China. As empresas automobilísticas da Europa tem muita dependência do mercado chinês.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content