Menu
Busca quarta, 27 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Ibovespa

Ibovespa tem queda, seguindo movimento internacional; dólar opera em alta

31 janeiro 2020 - 10h41Por Redação SpaceMoney
O Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, operava, às 10h23 desta sexta-feira (31), com forte queda de 1,44%, aos 113.860,19 pontos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu ontem (30) um alerta global de atenção para o coronavírus, mas não restringiu viagens internacionais. Isso atenuou o medo de uma epidemia, entretanto os investidores seguem cautelosos. Já o dólar comercial opera em alta de 0,19%, cotado a R$ 4,267, no mesmo horário. Ontem (30) a moeda dos EUA fechou com o maior valor desde a criação do Real, cotado a R$ 4,259.  Veja os principais fatores que podem influenciar a o mercado financeiro brasileiro hoje:

Desemprego

No Brasil, o ano de 2019 fechou com uma taxa média nacional de desemprego de 11,9%, abaixo do número apresentado em 2018, de 12,3%, mas acima do esperado pelo mercado, entre 11% e 11,1%. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (Pnad-C), divulgada hoje (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).  No quarto trimestre do ano, a taxa de desemprego ficou em 11%. No terceiro trimestre do ano, o índice havia sido de 11,8%. Leia mais em: Taxa de desemprego cai no país e fecha 2019 em 11,9%.

Mercados internacionais

Com o feriado prolongado do Ano Novo chinês, as bolsas da China não abriram, mas os demais índices asiáticos (Japão, Coreia do Sul e Hong Kong) fecharam sem direção definida. Leia mais em: Ações fecham o pregão em alta e o Índice Nikkei 225 avança 0,99%. Os índices da Europa operam em leve queda, influenciados pelo Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia. Nos EUA, os futuros da New York Exchange, a bolsa de Nova York, também apontam para uma sessão de baixa. 

Crise com coronavírus

O número de casos confirmados e mortes pela nova cepa (variedade) de coronavírus só aumenta. Até a última atualização, 217 pessoas morreram e mais de nove mil já foram contaminadas, com a maioria dos casos ocorrendo na China. Nesta quinta-feira (30), a Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu um alerta de atenção global para evitar a propagação do vírus. Mesmo assim, a instituição não restringiu viagens internacionais. Leia mais em: Coronavírus: OMS enxerga surto sem precedentes e declara emergência. No Brasil, nove casos suspeitos da doença estão sendo investigados em pessoas que estiveram ou entraram em contato com pessoas que viajaram para a China nos últimos meses.

PMI da China

O Índice dos Gerentes de Compras (PMI, em inglês) do setor de manufatura da China pode ajudar a melhorar o clima nos mercados globais. Os dados vieram em linha com o esperado, enquanto os indicadores de serviços apresentaram expansão no mês, já que se trata do período pré-coronavírus. Segundo especialistas, a epidemia só deve afetar os dados do gigante asiático em fevereiro, mas os impactos devem ser amortizados ao longo do ano. 

Enfim, o Brexit

Após se arrastar por quase quatro anos, o parlamento da União Europeia (UE) assinou o acordo do Brexit, abrindo caminho para saída do Reino Unido do bloco. O Brexit finalmente entrará em vigor nesta sexta-feira (31), iniciando o período de transição de 11 meses em que Londres e Bruxelas devem negociar o futuro do país com a UE.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: