Menu
Busca domingo, 17 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Ibovespa

Ibovespa sobe com cenário externo favorável; dólar também avança com decepção do varejo

12 fevereiro 2020 - 13h42Por Redação SpaceMoney

O Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, operava, às 16:04h desta quarta-feira (12), com ganhos de 1,66%, aos 117.286,62 pontos. Puxam o movimento a Cogna Educação, após oferta de ações a R$11, e a Cielo, com possível venda da fatia pertencente ao Banco do Brasil. Enquanto isso, o dólar comercial era negociado em alta de 0,45%, cotado a R$ 4,346. Na sessão da terça-feira (11), a moeda dos EUA bateu novo recorde de fechamento, a R$ 4,32. A alta no dia de hoje pode ser explicada pela decepção com os dados divulgados sobre vendas no varejo. A semana se iniciou com grande volatilidade da bolsa brasileira. Entretanto, o dia de hoje deve seguir o movimento internacional de alta. A diminuição do avanço do coronavírus e as medidas que a China vêm tomando para conter os danos econômicos causados fizeram os mercados pelo mundo operarem em terreno positivo. Veja os principais fatores que influenciam o mercado financeiro na sessão de hoje:

Mercados internacionais

Os índices da Ásia fecharam em alta, enquanto as bolsas europeias operavam também com ganhos. O Dow Jones operava em alta de 0,77%, aos 29.503,19 pontos. Esse otimismo do mercado é explicado pela previsão do epidemiologista chinês, Zhong Nanshan, responsável pelo combate ao vírus da SARS em 2003, de que o surto de coronavírus atingirá seu pico entre o meio e o final de fevereiro.

Crise do coronavírus

Até a última atualização, 1.113 pessoas morreram e mais de 44 mil já foram contaminadas pelo coronavírus, com a maioria dos casos ocorrendo na China. Dados oficiais do governo chinês mostram que 2.015 novos casos de coronavírus foram relatados, somente na China, nas últimas 24 horas, mostrando que o número de infectados diminuiu pelo segundo dia seguido.

Xi Jinping acalma investidores asiáticos

O presidente chinês, Xi Jiping, afirmou na segunda-feira (10) que os impactos do coronavírus na atividade econômica da China serão de curto prazo. Com essa declaração, os investidores da Ásia ficaram mais tranquilos e aguardam mais informações do Banco do Povo da China para estimular a liquidez da economia do gigante asiático.

Jerome Powell e o Congresso (parte 2)

O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, volta a participar da audiência semestral de política monetária e economia perante os comitês do Senado e da Câmara, em Washington, nesta quarta-feira (12). Está previsto que ele comparecerá em frente ao Comitê Bancário do Senado às 12h. No dia anterior, Powell informou que a epidemia de coronavírus é uma ameaça para a economia dos EUA e do mundo.

EUA corta vantagens em exportações do Brasil

Nesta segunda-feira (10) os EUA retiraram o status de “país em desenvolvimento” do Brasil. Com isso, o governo de Donald Trump tem maior margem para aplicar barreiras comerciais, como sobretaxas, a produtos brasileiros caso comprovem que as mercadorias são subsidiadas acima de um teto.

Vendas no varejo

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou, nesta quarta-feira (12), que as vendas no varejo brasileiro recuaram 0,1% em dezembro na comparação com o mês anterior e subiram 2,6% sobre um ano antes. Em pesquisa da Reuters, a estimativa era de alta de 0,2% na comparação mensal e de avanço de 3,50% sobre um ano antes.  
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: