Menu
Busca domingo, 25 de julho de 2021
Warren SpaceNow
Warren SpaceNow Mobile
Ibovespa em alta

Ibovespa se recupera ao longo do dia e encerra em alta; dólar cai com especulação de recessão nos EUA

03 outubro 2019 - 12h32Por Redação SpaceMoney
Warren 970x250 4
O Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, encerrou o pregão desta quinta-feira (03) em alta. Após um dia de bastante oscilação, a bolsa brasileira viu seus números subirem e terminou a sessão com valorização de 0,48%, totalizando 101.516,04 pontos.

Dólar

Na direção oposta, o dólar comercial encerrou o dia com baixa de 1,088%, cotado a R$ 4,0887.As performances podem ser explicadas pelos principais acontecimentos de hoje:

EUA impõem tarifas sobre a UE

Os mercados globais também operaram em forte queda ontem. Dentre os principais motivos está o desapontamento com dados da indústria americana.Além disso, seguiram estressados hoje por conta da Organização Mundial do Comércio (OMC) ter dado autorização aos EUA para impor tarifas sobre US$7,5 bilhões de importações da União Europeia.Segundo relatório da XP Investimentos, o Escritório de Comércio Exterior dos EUA afirmou que serão impostas tarifas de 10% sobre jatos da UE e 25% sobre outros produtos como uísque, queijos e ferramentas. As taxas devem entrar em vigor a partir de 18 de outubro.

Europa com números fracos

O calendário de dados econômicos do dia foi dominado pelo lançamento do índice de serviços do IHS Markit e índices compostos de gerentes de compras (PMIs na sigla em inglês).Os números de Markit para a Europa foram piores do que o esperado, com o PMI composto da zona do euro caindo para 50,1. O índice composto do Reino Unido caiu abaixo de 50, para 49,3, provocando uma nova baixa nas ações do Reino Unido.A maior queda foi na Alemanha, cujo PMI composto caiu de 51,7 em agosto para 48,5 em setembro.

Corte de juros do Fed

Em meio aos receios com a desaceleração das economias globais, o mercado seguiu atento às decisões de bancos centrais de cortes de juros, principalmente no caso do Fed (Banco Central americano).Segundo a Investing.com, espera-se que o Fed reduza as taxas para uma faixa de 1,50%, de 1,75%, da faixa atual de 1,75% a 2,00%.

Reforma da previdência

No território nacional, o ambiente político tende a sustentar alguma cautela. Na última quarta-feira (03) o Senado completou a votação em primeiro turno da reforma da Previdência.Os seis destaques que foram apreciados ontem foram rejeitados ou foram retirados após negociação com o governo. A reforma encolheu R$ 133,2 bilhões na casa legislativa, e deve gerar economia próxima a R$ 800 bilhões em 10 anos.A reforma precisa ser apreciada novamente em um segundo turno, que estava previsto para a próxima semana.

Desempenhos

Como previsto por vários analistas do mercado, a Vale (VALE3), o Fleury (FLRY3) e a Azul (AZUL4) tiveram bons desempenhos ao longo do dia.A Vale divulgou ontem suas projeções de Ebitda , investimentos e fluxo de caixa para 2019, além das despesas relativas a parada de Brumadinho, em Minas Gerais.O Ebitda deve variar entre US$ 10,8 / 12,9 bilhões em 2019. A projeção para os investimentos é de US$ 3,6/3,8 bilhões. Já a previsão para o fluxo de caixa é de US$ 6,5/ 9,4 bilhões em 2019.Já os laboratórios da rede Fleury fecharam a compra de 100% da Diagmax Part. Pela operação, o Fleury pagará R$ 80,388 milhões, além de um pagamento de R$ 31,598 milhões em caso de atingimento de resultados acertados entre as partes.A Azul registra crescimento acelerado desde os últimos meses, o que anima os mercados.
Warren 970x250 - pgs internas
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app:
Warren Rodapé
Warren Rodapé Mobile