segunda, 06 de dezembro de 2021
Ibovespa opera em alta

Ibovespa opera em alta puxado pelo mercado externo e dólar cai mais uma vez

01 novembro 2019 - 13h00Por Redação SpaceMoney
O Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, iniciou a sessão desta sexta-feira (01) em alta. Às 12h55, a alta era de 0,88%, com 108.165,93 pontos. Ontem, o mercado encerrou em queda de -1,1% por conta de tensões entre EUA e China. Além disso, algumas empresas divulgaram resultados abaixo do esperado, como o Bradesco, que caiu 4,0%.

Dólar

Enquanto isso, no mesmo horário, o dólar comercial engatava mais uma queda. A desvalorização era de 0,758%, cotado a R$ 3,9775. Veja os principais fatores que estão influenciando os marcadores na sessão de hoje:

Ibovespa opera em alta por mercados internacionais

Os mercados asiáticos, europeus e americanos estão operando em alta. A alta, segundo analistas da Terra Investimentos, se deve pelos dados de atividade dos países a fora. No Reino Unido, o PMI industrial subiu para 49,6 pontos em outubro, atingindo seu maior nível em seis meses. Além disso, na China, o indicador subiu para 51,7. Esse número corresponde a maior leitura desde fevereiro de 2017.

Guerra comercial

Na quinta-feira (31), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que EUA e China anunciarão em breve um local para que ele e o presidente chinês, Xi Jinping, assinem a “fase 1” de um acordo comercial. Cenário interno Segundo a Terra Investimentos, na sessão de hoje o mercado deve acompanhar de perto a cena política. Ontem, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) pediu desculpas, após ter defendido a volta do AI-5 em caso de manifestações violentas contra o governo no país. Após a declaração, o deputado recebeu duras críticas da oposição e até mesmo do presidente Jair Bolsonaro. A oposição afirmou que irá protocolar o pedido de cassação de Eduardo na próxima terça-feira no Conselho de Ética.

Inflação

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) passou a cair 0,09% em outubro, depois de registrar estabilidade em setembro, informou nesta sexta-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Produção industrial

Segundo o IBGE, a produção da indústria brasileira teve um crescimento de 0,3% na passagem de agosto para setembro. Esta é a segunda taxa positiva do indicador, que acumula alta de 1,5% no período de dois meses. 

Destaques

Suzano (SUZB3)

A Suzano reverteu lucro e registrou prejuízo de R$ 3,460 bi no 3TRI. O Ebitda ajustado de R$ 2,396 bilhões ficou em linha com a média das estimativas. A receita líquida, de R$ 6,6 bilhões, veio 8% acima das projeções de mercado.

Petrobras (PETR4)

A Petro reduziu o preço do diesel nas refinarias em 0,0678 centavos por litro (cerca de 3%), segundo a consultoria FCStone.

Itaú (ITUB4)

O Itaú Unibanco fechou a aquisição de 100% do capital da Zup, uma empresa de tecnologia que foi fundada em 2011 em Uberlândia (MG). O valor total da transação é de R$ 575 milhões, e a compra será feita em três etapas ao longo de quatro anos.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content