Menu
Busca quarta, 27 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Ibovespa

Ibovespa opera com baixa sutil, alinhado ao exterior; dólar sobe e vai para R$ 5,17

28 julho 2020 - 13h44Por Redação SpaceMoney

Ibovespa

O Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, operava em baixa durante o pregão desta terça-feira (28). A cautela também dominava o exterior, com o pacote de estímulos nos EUA empacado e os investidores avaliando a evolução da pandemia.

Por volta das 12h41, as perdas eram de 0,16%, aos 104.309 pontos.

O dólar subia, com a maior aversão ao risco. A moeda norte-americana registrava valorização de 0,23%, cotada a R$ 5,17.

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje:

Mercados internacionais

Ásia (encerrados)

Nikkei 225 (Jap): 0,26% ↓
Shangai Composite (Chi): 0,71% ↑

Europa

DAX 30 (Ale): 0,028% ↓
FTSE 100 (Ing): 0,40% ↑
CAC 40 (Fra): 0,10% ↓

EUA

Dow Jones: 0,32%
S&P: 0,022%
Nasdaq: 0,27%

Confira como os índices brasileiros estão operando hoje

Balanços

No Brasil, a temporada de resultados para o 2º trimestre continua com os números da Cielo, Minerva e Smiles.

Desemprego

Daqui a pouco, às 10h, o ministério da Economia divulga os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de junho. Com mais de 330 mil demissões em maio, as projeções para os novos números apontam perda de cerca de 200 mil postos de trabalho. No acumulado anual, o Caged revela destruição de 1,1 milhão de empregos.

Em Brasília

A notícia de que a equipe econômica quer antecipar o envio da próxima parte da reforma tributária ao Legislativo pode animar os mercados. As propostas sobre Imposto de Renda e novo tributo sobre pagamentos, por exemplo, devem chegar ao Congresso até o fim da primeira quinzena de agosto.

Nos EUA

O novo pacote de estímulos apresentado pelos republicanos enfrentou resistência dos democratas nos Estados Unidos. A proposta inclui US$ 1 trilhão para prorrogação do auxílio desemprego até setembro -- mas os partido de oposição quer esse prazo estendido até janeiro. A probabilidade de acordo é pequena e pode ameaçar os planos do presidente Donald Trump de mais uma injeção de ânimo na economia antes das eleições.

Fed

Começa hoje a reunião de política monetária do Federal Reserve, banco central norte-americano. Amanhã será divulgada a nova taxa básica de juros no país. A expectativa é de que o Fed mantenha a os juros próximos de zero, no intuito de estimular a maior economia mundial, fragilizada em meio à pandemia.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: