Menu
Busca quarta, 27 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Ibovespa futuro

Ibovespa futuro abre com perdas com exterior negativo; dólar sobe

21 agosto 2020 - 09h44Por Investing.com

Por Gabriel Codas - Investing.com - O índice futuro do Ibovespa inicia a sessão desta sexta-feira com perdas, seguindo a tendência do exterior, e cai 0,64% aos 100.708 pontos às 09h15, com o dólar subindo 0,76% a R$ 5,5991.

O mercado ficou aliviado com o esforço do governo para que a Câmara dos Deputados mantivesse o veto do reajuste salarial de servidores públicos até o fim do ano que vem, desfazendo a derrota sofrida no Senado. 

O exterior segue em baixa, apesar de dados econômicos surpreenderem positivamente. Os índices dos gerentes de compras para os segmentos industrial e de serviços vieram acima do consenso no Reino Unido, que também registrou vendas no varejo acima do esperado, mas decepcionaram na Alemanha e outros países da Europa continental.

Nos Estados Unidos, os chamados PMIs devem atrair o interesse do investidor ao longo da manhã.

- Cenário Interno

Veto mantido

O Ministério da Economia comemorou a decisão da Câmara dos Deputados de manter o veto do presidente Jair Bolsonaro à concessão de reajuste a servidores públicos, afirmando que uma derrubada traria “graves consequências”.

A ação da Câmara na quinta-feira, que evita um impacto superior a 120 bilhões de reais nas contas públicas, foi tomada depois que o Senado votou no dia anterior pela derrubada da proibição, em uma derrota para o governo.

“A possível derrubada traria graves consequências para as contas públicas, em especial de Estados e municípios. O Ministério da Economia parabeniza todos os deputados envolvidos na manutenção do veto do presidente Jair Bolsonaro...”, afirmou o ministério em nota na noite de quinta-feira.

“Neste momento importante da democracia, é preciso elogiar, da mesma forma, os senadores que votaram favoravelmente à manutenção do veto, apesar do resultado negativo”, completou.

Covid-19

O Brasil superou nesta quinta-feira a marca de 3,5 milhões de casos confirmados do novo coronavírus, com a contabilização de 45.323 infecções no dia elevando o total no país a 3.501.975, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde.

Segundo país mais afetado pela Covid-19 no mundo, atrás somente dos Estados Unidos, o Brasil também notificou 1.204 novos óbitos em decorrência da doença, atingindo um total de 112.304 óbitos.

Até o momento, a contagem de novos casos de coronavírus não superou a marca de 50 mil em nenhum dia desta semana. O patamar vinha sendo ultrapassado com frequência nos dias úteis entre terças e sextas-feiras até esta semana.

- Cenário Externo

Zona do euro

A recuperação econômica da zona do euro de sua mais profunda contração já registrada tropeçou neste mês, particularmente no setor de serviços, uma vez que a demanda reprimida vista no mês passado devido ao alívio das restrições pelo coronavírus enfraqueceu, mostrou nesta sexta-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

Após muitas das restrições para conter o vírus terem sido relaxadas, a atividade na zona do euro expandiu no mês passado no ritmo mais rápido desde meados de 2018. Mas com as taxas de infecção aumentando de novo em partes da região, algumas restrições foram retomadas.

Diminuindo as esperanças de uma recuperação em “V”, o PMI Composto preliminar do IHS Markit para a zona do euro caiu a 51,6 de 54,9 em julho.

Embora ainda permaneça acima da marca de 50 que separa crescimento de contração, a leitura ficou abaixo de todas as expectativas em pesquisa da Reuters, que via manutenção do resultado.

EUA-China

O governo dos Estados Unidos recusou-se na quinta-feira a reconhecer quaisquer planos de se reunir com a China sobre a Fase 1 do acordo comercial entre os dois países, depois que o Ministério do Comércio de Pequim disse que negociações bilaterais seriam realizadas "nos próximos dias" para avaliar o andamento do acordo.

O porta-voz do Ministério do Comércio, Gao Feng, fez comentários sobre as próximas discussões em uma reunião semanal realizada online, mas não deu mais detalhes.

Uma reunião por videoconferência, originalmente prevista para o aniversário de seis meses do início do acordo comercial, em 15 de agosto, foi adiada, e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que foi sua decisão.

Duas fontes norte-americanas familiarizadas com os planos disseram na quinta-feira que nenhuma nova data de reunião foi agendada.

O escritório do Representante de Comércio dos EUA e o Tesouro norte-americano não responderam a perguntas sobre os planos de revisão do acordo comercial, uma etapa regular após seis meses feita por funcionários de alto escalão e exigida em um capítulo sobre fiscalização.

O assessor econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, não comentou possíveis negociações com autoridades chinesas. Mas ele disse que o governo Trump continua envolvido com Pequim na Fase 1 do acordo comercial e que o representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer, está satisfeito com o progresso até agora.

BOLSAS INTERNACIONAIS

Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,17%, a 22.920 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 1,30%, a 25.113 pontos. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,50%, a 3.380 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,85%, a 4.718 pontos.

O dia é marcado por um mercado de ações da Europa perto da estabilidade. Em Frankfurt, o DAX tem queda de 0,01% aos 12.829 pontos, com o FTSE, de Londres, cedendo 0,13% aos 6.005 pontos. Já em Paris, o CAC cede 0,25% aos 4.899 pontos.

COMMODITIES

A jornada desta sexta-feira foi marcada por desvalorização dos preços dos contratos futuros do minério de ferro, que são negociados na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian. O ativo com o maior volume de operações, com vencimento para o mês de janeiro do próximo ano, perdeu 1,29% para 841,50 iuanes por tonelada, o que representa um recuo de 11,00 iuanes em relação aos 852,50 iuanes de liquidação da véspera.

Da mesma maneira, a sessão de fechamento da semana teve como característica a baixa das cotações dos papéis futuros do vergalhão de aço, que são transacionados na também chinesa bolsa de mercadorias de Xangai. O contrato com mais liquidez, com data de entrega para janeiro de 2021, cedeu 22 iuanes para 3.731 iuanes por tonelada, enquanto que o de outubro de 2020, ganhou 11 iuanes para 3.783 iuanes para cada tonelada.

MERCADO CORPORATIVO

- Cogna

A empresa de educação Cogna teve prejuízo no segundo trimestre, fortemente afetada pela queda de receita e aumento da inadimplência diante dos efeitos da pandemia do coronavírus.

A companhia, que reúne as marcas Kroton (SA:COGN3), Vasta, Saber e Platos, anunciou nesta quinta-feira que teve prejuízo ajustado de 140 milhões de reais, ante lucro de 267 milhões um ano antes.

A receita líquida caiu 21% na comparação anual, para 1,37 bilhão de reais, refletindo queda do faturamento no ensino superior, a maior evasão dos alunos do ensino infantil e dos anos iniciais do ensino fundamental, explicou a empresa.

O resultado operacional medido pelo lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês), foi negativo em 139,5 milhões de reais, ante 267 milhões positivos um ano antes, também sob influência de itens ligados à compra da Somos, maior provisão para perdas esperadas com calotes no ensino superior e nos produtos de parcelamento.

A Cogna adotou medidas mais restritivas de rematrícula, evitando que débitos antigos fossem renovados, o que no curto prazo gerou aumento da evasão e das provisões para perdas, mas que “a base remanescente é mais saudável e permite resultados em patamares mais sustentáveis no longo prazo”, disse a empresa.

- PagSeguro (NYSE:PAGS)

A PagSeguro anunciou nesta sexta-feira a compra das operações no Brasil do grupo alemão de meios de pagamento Wirecard, que entrou em colapso neste ano após um escândalo de fraude contábil.

O valor do negócio não foi revelado. A PagSeguro, controlada pelo grupo de internet UOL, afirmou em comunicado ao mercado que a Wirecard Brasil tem mais de 200 mil clientes e que a transação é complementar a seus principais negócios.

A companhia afirmou ainda que a operação vai permitir a oferta de contas digitais 100% omnichannel. Segundo a empresa, os produtos da Wirecard Brasil estão integrados em mais de 40 sistemas de lojas online.

O negócio surge com a disparada do mercado de comércio eletrônico no Brasil causada pelas medidas de isolamento social e pode reforçar operações da PagSeguro, conhecida pelas maquininhas amarelas de pagamento em lojas físicas.

- JBS (SA:JBSS3)

A Procuradoria-Geral da República (PGR) abriu investigação para apurar supostos pagamentos feitos pela JBS ao ex-advogado da família Bolsonaro Frederick Wassef e eventuais implicações nos acordos de colaboração firmados por executivos da companhia com a PGR, informou o órgão.

Segundo nota da PGR, serão solicitadas informações ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro sobre os supostos pagamentos entre 2015 e 2020, que teriam sido identificados por meio de um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

A chamada notícia de fato foi instaurada pela PGR após a revista Crusoé afirmar que Wassef teria recebido 9 milhões de reais da JBS, e que o advogado teria se encontrado com um subprocurador da República que fazia parte da força-tarefa da Lava-Jato para defender a manutenção do acordo de delação.

- Biodiesel

Representantes do setor de biodiesel no Brasil fizeram um acordo com o governo após uma disputa judicial para retomar a realização de um leilão do público do biocombustível nesta quinta-feira, ao mesmo tempo em que já iniciaram discussões para os próximos certames.

Após uma reunião mais cedo com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, integrantes do setor aceitaram participar de um leilão para mistura provisoriamente menor no diesel —de 10%, ante os 12% da obrigação em vigor.

Mas associações das empresas disseram ter conseguido compromisso no governo da formação de um grupo de trabalho com o setor privado, para debater impasses, incluindo uma alegada menor oferta de matéria-prima.

O leilão foi retomado nesta quinta-feira após a reguladora ANP cassar liminares que impediam a realização do mesmo, após um certame anterior, para uma mistura de 12% no bimestre setembro/outubro, ter sido cancelado em meio a reclamações de distribuidoras de elevados preços do biocombustível.

- Moedas digitais

O Banco Central informou nesta quinta-feira que formou um grupo de trabalho para discutir impactos de uma eventual emissão de moeda digital pela autoridade monetária no Brasil.

Em nota, o BC afirmou que a chamada CBDC —“central bank digital currency”— é diferente de uma criptomoeda sem garantia nacional, como bitcoin, por ser uma nova forma de representação da moeda já emitida pelo BC do país em questão, fazendo portanto parte da política monetária.

O grupo de trabalho buscará propor modelo de eventual emissão de moeda digital, com identificação de riscos, incluindo a segurança cibernética, a proteção de dados e a aderência normativa e regulatória, disse o BC.

- Logística

A demanda por transportes rodoviários de cargas no Brasil havia registrado, ao final de julho, uma recuperação de 51% na comparação com os piores momentos da pandemia de coronavírus, indicou pesquisa divulgada nesta quinta-feira pela NTC&Logística.

O índice registrou uma recuperação gradual de 15 semanas entre o auge da queda —verificado em meados de abril— e o final do mês passado, quando atingia perda de 22% em relação aos níveis pré-pandemia, segundo a associação de empresas do setor.

A queda brusca registrada quando as medidas de isolamento social atingiram um ápice no país chegou a levar a demanda a uma variação negativa de 45,2% em abril, com os segmentos de shopping centers e indústria automobilística figurando entre os mais impactados.

Mas desde então, com a flexibilização das medidas de quarentena, o setor vê uma retomada gradual, e estima que o impulso das festas de final de ano ajudará a acelerar o movimento de recuperação.

- Financiamento imobiliário

A Caixa Econômica Federal elevou, de 20% para 22%, o nível de comprometimento de renda dos mutuários que financiarem imóveis em linhas atreladas ao IPCA, e o banco avalia aumentar esse percentual ainda mais.

“Podemos elevar esse nível de comprometimento para 25%”, disse nesta quinta-feira o presidente-executivo do banco estatal, Pedro Guimarães, durante evento da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) pela internet.

A Caixa lançou há um ano a linha de crédito imobiliária corrigida pelo IPCA, mas com um teto menor do que as das linhas prefixadas, que permitem comprometer até 30% da renda.

AGENDA DE AUTORIDADES

- Jair Bolsonaro

O presidente da República viaja nesta sexta-feira para o Rio Grande do Norte, onde participa da entrega do Residencial Mossoró I, e depois, da cerimônia de entregas do governo Federal ao estado. No final do dia, retorna a Brasília.

- Paulo Guedes

- Videoconferência - Lançamento do Programa de Integridade da Receita Federal do Brasil;

- Videoconferência com o secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco;

- Reunião com o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni

(Com contribuição de Reuters)

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: