quarta, 01 de dezembro de 2021
Ibovespa

Ibovespa fecha pregão com leve queda; dólar cai forte, cotado a R$ 5,11

22 julho 2020 - 17h26Por Redação SpaceMoney

Ibovespa

O Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, fechou o pregão desta quarta-feira (22) em queda, depois de operar com leve alta no início do dia.

Ao final da sessão, as perdas foram sutis, de 0,02%, aos 104.289 pontos.

Depois de cair 3% ontem, o dólar seguiu em queda hoje. A moeda norte-americana teve desvalorização de 2,86%, cotada a R$ 5,114.

Veja os fatores que influenciaram os mercados hoje:

Mercados internacionais

Ásia (encerrados)

Nikkei 225 (Jap): 0,58% ↓
Shangai Composite (Chi): 0,37% ↑

Europa (encerrados)

DAX 30 (Ale): 0,51% ↓
FTSE 100 (Ing): 1% ↓
CAC 40 (Fra): 1,32% ↓

EUA (encerrados)

Dow Jones: 0,62% ↑
S&P 500: 0,57% ↑
Nasdaq: 0,35% ↑

EUA x China

A novela entre Estados Unidos e China ganhou um novo capítulo na madrugada de hoje. Da mesma forma que acusou hackers chineses de tentar roubar dados de empresas norte-americanas, Washington decretou o fechamento do consulado chinês em Houston, no Texas.

Como resultado, o ministério de Relações Internacionais do país asiático disse que fechar o consulado é uma possibilidade e chamou o episódio de "escalada sem precedentes". Assim, a China pode responder ao acontecido com fechamento da embaixada dos norte-americanos em Wuhan.

Coronavírus

A pandemia continuou a preocupar investidores. Ontem, o presidente Donald Trump, dos EUA, afirmou que a situação com o coronavírus deve piorar no país. No Japão, autoridades também reforçaram a importância das medidas de isolamento — no país, os PMIs, índices de gerentes de compras, cresceu, mas abaixo das expectativas.

Temporada de balanços

Hoje a temporada de resultados do 2º trimestre de 2020 continuou. A Weg divulgou seus números antes da abertura dos mercados. Em seguida, ao final do dia, liderou os ganhos do Ibovespa hoje. A empresa subiu, assim, quase 14%, cotada a R$ 68,20.

Em Brasília

Ontem, o ministro da economia Paulo Guedes apresentou no Congresso a primeira parte da tão aguardada reforma tributária. Por enquanto, o projeto versa sobre unificação do PIS e Confins. Posteriormente, a segunda parte das alterações deve ser mostrada, no próximo mês.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content