terça, 30 de novembro de 2021
Ibovespa

Ibovespa encerra em baixa perto da estabilidade e aguarda cessão onerosa

05 novembro 2019 - 19h15Por Redação SpaceMoney
O Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, encerrou o pregão desta terça-feira (05) perto da estabilidade. A baixa foi de 0,35% com 108.402,93. Durante a manhã, o marcador operou no azul. Contudo, a virada pode ser explicada por conta da apreensão do mercado com o leilão de exploração de petróleo, que acontece amanhã (06), e da cautela com os rumos do mercado externo, principalmente em relação aos acordos entre EUA e China.

Dólar

Na mesma direção, o dólar comerial terminou o dia com baixa de 0,471%, cotado a R$ 3,99.

Política interna

Nesta manhã, o Comitê de Política Monetária (Copom) divulgou a ata de sua mais recente reunião, reduzindo as expectativas de cortes mais ousados na taxa básica de juros, a Selic, nos próximos meses.

Bolsonaro entrega reformas ao Congresso

Foi entregue ao Congresso Nacional, na manhã desta terça-feira (5), o pacote de reformas pós previdência, chamado pelo governo de “Pacote mais Brasil”. As propostas entregues incluem: a PEC emergencial, PEC DDD (desvincular, desindexar e desobrigar o orçamento da União), a PEC do pacto federativo, a PEC da reforma administrativa e o programa de ajuda aos estados. Ao longo da tarde a Agência Brasil divulgou que dentre as propostas do pacto federativo estão a extinção de municípios com baixa arrecadação e a reavaliação de benefícios tributários a cada 4 anos

Ganho com balanços

No início da sessão, os papéis do Itaú chegaram a registrar alta de 4% após os resultados do balanço mostrarem lucro de R$ 7,2 bilhões. Contudo, ao longo do dia as ações voltaram “ao normal” e pararam de puxar o Ibovespa. Ao longo do dia a Eletrobas também chegou a disparar 7% após o mercado reagir positivamente ao Projeto de Lei de privatização da estatal.

Cenário externo

As bolsas asiáticas e europeias fecharam em alta na manhã desta terça-feira (5), assim como o índices futuros dos EUA. Os Estados Unidos sugeriram isentar a China de algumas tarifas de importação, o que sinaliza uma trégua temporária na guerra comercial.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content