segunda, 29 de novembro de 2021
ibovespa

Ibovespa dispara mais de 2% ao fim do dia; dólar fecha com queda, cotado a R$ 5,58

21 maio 2020 - 17h32Por Redação SpaceMoney

O Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, operou em alta no pregão desta quinta-feira (21), enquanto as bolsas americanas registravam queda. Ao fim do dia, os ganhos foram de 2,10%, aos 83.027,09 pontos. O dólar emendou mais um dia perdendo força ante o real.  A moeda norte-americana registrou desvalorização de 1,89%, cotada a R$ 5,582. Veja os principais fatores que influenciam o mercado financeiro na sessão de hoje:

Mercados internacionais

No Japão, o Nikkei 225 fechou com baixa de 0,21%. A bolsa de Xangai também encerrou a sessão com perdas de 0,55%. Na Europa, DAX 30 caiu 1,41% e CAC 40 recuou 1,15%. FTSE 100 fechou com queda de 0,86%. Nos Estados Unidos, Dow Jones caiu 0,41%. Nasdaq e S&P 500 tiveram quedas de 0,97% e 0,78%, respectivamente.

Coronavírus

O mundo já supera a marca de 5 milhões casos confirmados de Covid-19. No Brasil, o número de infectados ultrapassa 290 mil, e caminha para as 20 mil mortes. Foram registradas 888 perdas nas últimas 24 horas, logo depois de o país bater recorde na quarta-feira, com mais de mil mortes em um dia. 

EUA x China

A tensão entre Estados Unidos e China acirra com acusações ao governo chinês feitas em uma rede social pelo presidente americano, Donald Trump. https://twitter.com/realDonaldTrump/status/1263282490099326978 No Twitter, Trump não poupou críticas. Ele afirma que a China poderia ter "facilmente parado a praga, mas isso não foi feito". O líder americano também acusa o governo chinês de operar uma "massiva campanha de desinformação" para beneficiar Joe Biden, possível candidato à presidência pelo Partido Democrata americano.

Balanços

Cogna e Renner divulgam seus resultados para o primeiro trimestre de 2020 hoje, depois do fechamento do mercado.

Em Brasília

Em reunião com governadores, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que sancionará o pacote de ajuda a estados e municípios para combate ao coronavírus. O projeto que libera R$ 60 bilhões como socorro emergencial obteve aprovação do Senado no início de maio, mas aguardava sanção presidencial. Governadores também esperavam instruções científicas mais claras sobre o uso da cloroquina para pacientes com Covid-19, após o Planalto liberar protocolo sobre uso do medicamento ontem. 

Seguro-desemprego

Nos Estados Unidos, o Departamento do Trabalho registrou 2,44 milhões pedidos iniciais de seguro-desemprego na semana passada. O resultado é em linha com projeção de especialistas do mercado, que estimavam 2,4 milhões de pedidos.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content